10 grandes destinos de férias para fãs de História

••• Getty Premium Images

Algumas pessoas passam férias em lugares paradisíacos, enquanto outras preferem o sol de inverno. Ainda outros vão para o shopping ou para a um spa para cuidar de si mesmo. Para os amantes da história, as férias é uma oportunidade de aprender mais sobre o passado de um país e de experimentar as culturas antigas, pois cada um tem um significado especial e são ricos em história de diferentes épocas.

Overview

Algumas pessoas passam férias em lugares paradisíacos, enquanto outras preferem o sol de inverno. Ainda outros vão para o shopping ou para a um spa para cuidar de si mesmo. Para os amantes da história, as férias é uma oportunidade de aprender mais sobre o passado de um país e de experimentar as culturas antigas, pois cada um tem um significado especial e são ricos em história de diferentes épocas.

Turquia

Peter Schommartz/Getty Images News/Getty Images

Regiões variadas da Turquia incluem uma ampla variedade de locais históricos, desde antigas ruínas gregas e romanas até igrejas bizantinas e palácios otomanos. Istambul abriga as principais atrações históricas, como a Igreja de Santa Sofia - hoje uma mesquita -, e o Palácio Topkapi. Outro ótimo destino para os amantes da história é o Éfeso, com vários traços gregos e romanos.

Angkor Wat

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Durante a Idade Média, os reis do Império Khmer fundaram uma série de templos hindus perto de Angkor, a capital do império. Desses, o mais famoso é o Angkor Wat, que sobreviveu aos séculos seguintes como um local de culto para os budistas, mesmo depois da cidade de Angkor cair em desuso. Localizado perto da moderna cidade de Siem Reap, no Camboja, Angkor Wat é um exemplo espetacular da arte e cultura do Império Khmer, bem como um destino espiritual para muitos.

São Petersburgo

Medioimages/Photodisc/Photodisc/Getty Images

Capital do Império Russo até 1918, São Petersburgo é ainda um exemplo da riqueza e do poder dos czares. Muitas vezes, chamada de "cidade mais ocidental" da Rússia, a antiga capital combina estilos tradicionais russos com a arquitetura neoclássica. Os pontos turísticos imperdíveis são: o Palácio de Inverno e o mundialmente famoso Museu Hermitage.

Cidades Maias

Getty Premium Images

Aproximadamente entre 250 e 900 d.C., a civilização maia obteve o seu maior desenvolvimento construindo as cidades grandes, mais conhecidas por seus templos piramidais. As ruínas maias podem ser encontradas nos países atuais do México, Guatemala, Belize, Honduras e El Salvador. Entre os destinos mais populares para os viajantes, está Tikal, na Guatemala, Copan, em Honduras e Tulum, no México.

Pompeia

Medioimages/Photodisc/Digital Vision/Getty Images

Em 79 d.C., o Monte Vesúvio entrou em erupção, cobrindo a cidade de Pompeia com fumaça e cinzas. Milhares de habitantes foram mortos, enterrados sob uma espessa camada de cinzas. No entanto, a erupção que destruiu o local também a preservou. Detalhes normalmente perdidos no tempo, como obras de arte nas paredes e até mesmo grafites, foram preservados, assim como os corpos das vítimas. O resultado é um memorial gritante de uma tragédia e uma visão fascinante sobre a vida cotidiana de uma cidade romana.

Carcassonne

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

A cidade medieval de Carcassonne, no sul-oeste da França é um patrimônio mundial da Unesco. Como muitas das construções medievais da França, Carcassonne foi restaurada no século 19 e representa a forma como os historiadores e arquitetos desse período enxergavam a idade média na realidade. E além disso, as fortificações da cidade contêm joias escondidas para encantar qualquer entusiasta da história.

Barbados

Getty Premium Images

A maioria dos visitantes vão ao Caribe pelo sol quente, belas praias e paisagens deslumbrantes. Barbados tem todas essas belezas, mas a ilha também trabalha duro para preservar e celebrar a sua história colonial. Uma viagem para Barbados é uma combinação ideal para festas, que incluem um vislumbre da história, bem como tomar sol ou praticar esqui aquático.

Santorini

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Outro local que combina beleza natural e interesse histórico é a ilha grega de Santorini, também conhecida como Thera ou Thira. Santorini é um pequeno grupo de ilhas que rodeiam uma grande caldeira vulcânica remanescente de uma erupção que destruiu o centro de uma única ilha por volta de 1600 a.C. Essa enorme catástrofe natural pode ter contribuído para o colapso da civilização minóica. Um povoado da Idade do Bronze, chamado Akrotiri, foi recentemente reaberto ao público.

Mesa Verde

Photos.com/Photos.com/Getty Images

O Parque Nacional Mesa Verde no Colorado preserva um grupo de precipícios criados pela cultura nativa americana conhecida como Anasazi ou Puebloan. Esses assentamentos foram abandonados por volta de 1300 d.C. e são notáveis por sua sofisticação e complexidade arquitetônica que criam um cenário natural incrível sob um afloramento de rocha maciça. Caminhadas através do Parque Nacional levam os visitantes para muitos dos assentamentos periféricos.

Petra

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

A Jordânia tem uma grande variedade de locais históricos e áreas de beleza natural, mas nenhuma é tão famosa como Petra, a capital do reino Nabataean. Influências gregas e romanas também estão presentes na arquitetura da cidade. Tumbas de Petra, templos e outros edifícios cortam o penhasco de um vale estreito no pé do Monte Hor. Estes edifícios notáveis​​, bem como seu sistema elaborado de canalização de água, têm atraído os viajantes durante séculos.

Mais recentes

×