×
Loading ...

Atividades de dramatização criativa para crianças em idade escolar

De acordo com a Youth Ages, uma organização artística e educacional para crianças em idade escolar, "a dramatização criativa é um processo orientado de drama que improvisa e não se foca na exibição, em que os participantes são guiados por um líder para imaginar, contracenar e refletir experiências reais e imaginárias." Atividades de dramatização criativa para crianças em idade escolar incorporam o contar de histórias, a movimentação criativa, o uso da voz e a utilização de fantoches. Essas atividades promovem a confiança, a imaginação, a troca de ideias e a interação social.

Atividades de movimentação criativa são um componente essencial do drama (little girl dancing image by Nikolay Okhitin from Fotolia.com)

Pantomima

Molde atividades de pantomima com ação. "Na dramatização criativa," escrevem os autores Janet Rubin e Margaret Dee Merrion, "a pantomima é a expressão de sentimentos, ações e ideias... o corpo, e não a voz, é o instrumento de comunicação."

As crianças podem trabalhar em grupos para realizar uma única atividade em forma de pantomima, como uma orquestra ou um passeio com o cachorro. Sem contar com o uso de adereços ou a fala, os atores devem se utilizar de expressões faciais e da linguagem corporal para representar a ação. As crianças devem exagerar nos movimentos e também se locomoverão lentamente enquanto a turma tenta adivinhar a atividade.

Loading...

Inversão de papéis

Crie um lista de inversão de papéis rapidamente e escreva-a em pedaços de papel. Considere o livro "O Príncipe e o Mendigo" como um exemplo ilustrativo da inversão de papéis.

Em um grupo, dê às crianças um cartão com os conceitos de inversão de papéis a realizar. Eles terão até 30 minutos para criar um script baseado no papel selecionado e anotar diálogos quando necessário; eles podem usar adereços, se isso for relevante. Os grupos realizarão suas paródias e o professor e a turma poderão fornecer uma análise ao final. Atividades de inversão de papéis em formato de paródia ajudam os alunos a trabalhar o diálogo interativo, o vocabulário e a construção de conceitos.

Primeiros versos

Gere uma lista de versos iniciais tirados de poesias, livros apropriados ou leituras escolhidas pela classe e escreva três versos por cartão para distribuir. Faça as crianças se organizarem em pequenos grupos.

Usando um cartão, cada conjunto discutirá os versos e escolherá como deseja interpretá-los: através de encenação ou da combinação para criar uma paródia maior. Revezando-se, cada grupo realizará suas falas como um "papel" em vez de recitar textualmente para a classe. A turma pode então especular sobre o material apresentado e sua fonte.

Improviso com emoção

"Tornar-se um mestre em exibir emoções é essencial para o crescimento como um ator," dis Bob Bedore, comediante e autor do "101 Improv Games for Children and Adults" (sem tradução oficial lançada no Brasil). Ele continua, dizendo para os iniciantes que "cada uma das emoções deve ser o maior possível."

A improvisação emotiva requer que os participantes façam parte de um encontro social. Delegue uma criança para ser a anfitriã da festa e, o restante, convidados. Para começar, entregue a cada convidado um cartão com uma emoção nele. O primeiro convidado finge bater em uma porta. Quando o anfitrião "abre a porta", o convidado entra, executando a emoção atribuída. No momento em que o anfitrião captar a emoção, ele deve refleti-la e conversar. Esse padrão continua com a chegada de cada novo convidado; todos os outros convidados também devem acompanhar quando determinarem cada nova emoção.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...