Cães: como reconhecer e tratar a inalação de fumaça

••• Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

A inalação de fumaça pode causar sérios problemas no sistema respiratório e nos pulmões do seu cachorro. Essa condição pode ser causada através da exposição ao calor ou ao dióxido de carbono. Devido à seriedade da situação, uma atenção médica imediata é requerida. Abaixo, diremos como reconhecer e tratar esse caso.

Passo 1

Avalie os sintomas do seu animal. Se você tem medo que ele esteja sofrendo de inalação de fumaça, rapidamente, avalie o quadro. Os sinais dessa condição incluem respiração pesada, tosse, dificuldade em respirar e irritação nos olhos.

Passo 2

Se um bombeiro estiver presente, pergunte se é possível a administração de oxigênio. Um cão que receba a substância é imediatamente beneficiado pela redução do envenenamento por monóxido de carbono.

Passo 3

Leve seu animal ao hospital veterinário mais próximo. Se você tiver alguma suspeita que seu cão esteja sofrendo, um cuidado médico imediato é necessário. Ligue para o seu veterinário avisando da sua chegada. Isso garantirá que ele esteja preparado a tempo para cuidar do cachorro.

Passo 4

Mantenha a sua própria calma e a do seu cão. Eles são intuitivos e percebem as suas emoções. Dessa forma, você garantirá que o animal ficará relaxado também. Fale com ele calmamente e proporcione ações mais suaves, como o carinho e o conforto.

Passo 5

Trabalhe com seu veterinário de forma a criar um plano de tratamento. A severidade do caso que determinará o curso de tratamento do cão. Se ele estiver com dificuldade de respiração, o oxigênio talvez seja necessário. Fluidos intravenosos serão, provavelmente, administrados junto com remédios oculares, se os olhos dele estiverem irritados.

Mais recentes

×