×
Loading ...

Como calcular ativos líquidos

No mundo dos bancos e investimentos, os ativos tangíveis podem aumentar significativamente o seu poder de compra e patrimônio líquido. Enquanto a maioria das pessoas não vê a diferença entre um ativo e outro, o mundo das finanças tem uma hierarquia secreta, que é comunicada através das regras do balanço. Os ativos estão listados em ordem de liquidez, sendo esta uma medida do quão rápido o ativo pode ser convertido em dinheiro no mercado atual. Quanto mais difícil for para vender um ativo, menor a liquidez. Por razões óbvias, os bancos preferem ativos líquidos a ativos não líquidos.

Instruções

Os ativos líquidos são vistos positivamente pelos bancos (calculator image by L. Shat from Fotolia.com)
  1. Faça uma lista com todos os ativos que possui. Se estiver procurando por ativos de uma empresa pública, você poderá baixar o balanço com uma lista completa dos ativos da empresa, bem como os valores associados no seu site de pesquisa de investimento favorito, ou no da empresa. Por padrão, os ativos de um balanço são listados em ordem de liquidez.

    Loading...
  2. Coloque os ativos por ordem de liquidez. Os ativos fáceis de vender são os primeiros e, os difíceis, os últimos. Por exemplo, o dinheiro geralmente é o primeiro da lista, seguido pela poupança e conta corrente e outros investimentos de curto prazo. O curto prazo é definido como sendo menos de um ano. A liquidez não é dada em função do valor, mas sim na velocidade que um ativo pode ser convertido em dinheiro.

  3. Inclua hipotecas de bens pessoais, bem como a liquidação final concedida pelo tribunal em determinadas situações. Reembolso de impostos e o saldo de fundos de investimento também estão incluídos em ativos líquidos pessoais, como títulos, fundos mútuos e o valor em dinheiro de uma apólice de seguro de vida.

  4. Some todos os ativos líquidos para obter o valor total deles.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...