Como ser um bom companheiro ao dividir a casa com amigos

••• Getty Images

Dividir uma casa ou apartamento com amigos pode ser algo bastante divertido, já que você sempre terá companhia para as atividades do seu dia a dia. Reuniões, maratonas de filmes, almoços em conjunto, tudo se transforma numa festa. Porém, os problemas começam a aparecer quando as pessoas não respeitem os limites de cada um. Mesmo dividindo o mesmo teto, cada morador precisa ter um espaço para suas coisas e atividades. Quando há um desequilíbrio e os demais abusam da boa vontade alheia, os interesses entram em conflito e podem até, nos piores casos, acabar com verdadeiras amizades.

Overview

Dividir uma casa ou apartamento com amigos pode ser algo bastante divertido, já que você sempre terá companhia para as atividades do seu dia a dia. Reuniões, maratonas de filmes, almoços em conjunto, tudo se transforma numa festa. Porém, os problemas começam a aparecer quando as pessoas não respeitem os limites de cada um. Mesmo dividindo o mesmo teto, cada morador precisa ter um espaço para suas coisas e atividades. Quando há um desequilíbrio e os demais abusam da boa vontade alheia, os interesses entram em conflito e podem até, nos piores casos, acabar com verdadeiras amizades.

Estabeleça regras e divida tarefas

Jupiterimages/Comstock/Getty Images

A anarquia não funciona nem mesmo numa república de moradores. Estabelecer regras pode parecer algo autoritário e chato, mas é essencial para que a vida na casa flua normalmente. Divida os afazeres do lar, quem limpa o quê e em que dia, quais os limites de horário, qual morador é responsável por cada tarefa. Para isso, converse com seus amigos, veja quais tipos de tarefas cada um prefere e tentem entrar num consenso. Alguém pode odiar lavar o banheiro, mas não tem problema em lavar a louça, por exemplo.

Respeite o espaço dos outros

James Woodson/Digital Vision/Getty Images

Morar com amigos é divertido mas não deve ser uma baderna. Cada morador possui uma vida e responsabilidades diferentes, que nem sempre coincidem em dias e horários com os outros. Se seu colega precisa estudar ou dormir cedo para se preparar para uma prova no dia seguinte, respeite isso. Mais tarde pode ser você quem estará sofrendo com uma festa fora de hora quando tem uma aula super importante na faculdade. Evite também entrar no quarto dos outros moradores e pegar objetos sem avisar. Sempre peça permissão antes de entrar no território de outra pessoa.

Não gaste muito tempo no banheiro

Thinkstock Images/Comstock/Getty Images

O uso do banheiro, principalmente em casas e apartamentos que só possuem um, é sempre causa de problemas para quem mora junto. Se todos os moradores precisam levantar e sair de casa no mesmo horário, estabeleça um turno e um tempo máximo para o banho matinal. A pior coisa que pode acontecer é perder um compromisso pela manhã porque o colega demorou demais no banho. Não seja egoísta e pense no coletivo. Banhos demorados podem aumentar bastante a conta de luz e também atrapalhar a harmonia dentro da sua casa.

Divida os alimentos na geladeira por prateleiras

Rayes/Photodisc/Getty Images

Uma maneira bastante prática de dividir a comida na geladeira é estabelecer uma prateleira para cada morador, deixando o espaço da porta para os alimentos em comum. Algumas pessoas que moram com outros amigos preferem colocar uma identificação em cada recipiente, porém nem sempre isso é possível, já que não é todo alimento que pode ser etiquetado. Dividir os espaços da geladeira e da despensa pode ser a melhor opção para evitar conflitos.

Estabeleça um dia fixo para a limpeza da casa

George Doyle/Stockbyte/Getty Images

Casas com vários moradores jovens têm fama de ser muito bagunçadas e ter vários problemas de limpeza. Essa não precisa ser a realidade do seu lar. Aproveite o fato de que várias pessoas vivem sob o mesmo teto e estabeleça um dia fixo para a limpeza da casa. Uma boa opção é o sábado, já que nesse dia geralmente os moradores não estudam nem trabalham. Em apenas uma manhã, se cada um fizer a sua parte, é possível manter a casa limpa e organizada. Enquanto um lava o banheiro, outro cuida da cozinha e outro da sala.

Mantenha o diálogo sempre aberto

Jupiterimages/Creatas/Getty Images

Um ponto positivo de viver entre amigos é poder conversar sempre e ser sincero quanto a todos os assuntos. Não deixe de falar sobre os problemas da casa ou falhas de outros moradores, assim você evita que isso se transforme em algo mais grave. Aborde seus amigos logo que você perceber alguma coisa errada, seja uma sujeira indevida ou uma bagunça fora de horário. Muitas vezes eles nem perceberam o que fizeram, por isso não tenha medo da reação que isso pode causar. Um amigo verdadeiro vai perceber quando fez algo errado.

Não consuma o que não é seu

BananaStock/BananaStock/Getty Images

O pior tipo de morador é aquele que come algo que não é seu e não avisa os companheiros. Se você não tem certeza se pode consumir algum alimento que está na geladeira ou na despensa, não o faça. Assim você evita conflitos e brigas sérias com os demais. Pode parecer banal, mas isso demonstra uma total falta de consideração e um grande egoísmo da sua parte. Se mesmo assim isso for inevitável, avise o seu colega que você comeu o alimento e compre um igual o mais rápido possível para substituí-lo.

Não se torne um ditador

Christopher Robbins/Digital Vision/Getty Images

Pessoas que dividem o mesmo teto tendem sempre a entrar em atrito. É normal do ser humano, já que cada um tem interesses diferentes que eventualmente se chocam. O grande segredo para manter a harmonia dentro de casa é a tolerância. Cedo ou tarde problemas de convivência acontecerão, mas cabe a você não transformar isso numa verdadeira guerra. Coloque-se no lugar do outro, seja compreensivo e escute as razões dos eventuais problemas dos seus amigos. Não seja um ditador e evite fazer da convivência algo burocrático e cheio de regras.

Mais recentes

×