×
Loading ...

As diferenças entre os dentes do filhote e do cão adulto

Se você acabou de levar pra casa seu filhote de 8 semanas, você com certeza vai notar que ele veio com a dentição completa; no entanto, ele não nasceu com esses dentes e não é com esses que ela vai ficar. Apesar do filhotes estar animado para testar os dentinhos em todas as suas coisas, e em você, você pode se acalmar porque logo esses dentes vão cair. Aqui, você irá entender porque a mordida de um filhote pode causar mais dor do que a mordida de um cachorro adulto enquanto você descobre as diferenças entre a dentição do filhotes e a do adulto. Descubra também quando exatamente seu filhote vai começar a perder essa primeira dentição e começas a ganhar os dentes permanentes. Além disso, você vai ficar sabendo quantos dentes, e que tipos de dentes, seu filhote tem na dentição e que mudanças esperar conforme ele envelhece -- e também quais são as doenças dentárias que você precisa conhecer.

Assim como nos humanas, a arcada dentárias dos cães também sofre mudanças durante a vida (Comstock/Stockbyte/Getty Images)

Identificação

Apesar de um filhote nascer sem nenhum dente, logo nas primeiras semanas de vida já começam a nascer os dentes (também chamados de decíduos). Quando todos os dentes de um filhote tiverem nascido, ele terá 28 dentes. Os primeiros a saírem são os incisivos (os dentes da frente), depois os caninos (aqueles em formato de presa) e, por último, os pré-molares (na parte de trás da boca). Um cão adulto terá 42 dentes porque além dos incisivos, caninos e pré-molares, ele também terá os molares. Algumas raças apresentam variações no número de dentes.

Loading...

Função

O filhote nasce com o focinho curto, ideal para ele se amamentar. Se o filhote tivesse o focinho longo do adulto, ele não iria conseguir fazer sucção o suficiente para mamar. Ele também nasce sem dentes porque, inicialmente, ele depende somente do leite materno para sobreviver. Os dentes só serão necessários quando o filhote amadurecer e começar a comer alimentos sólidos. Na natureza, a mãe mastiga primeiro o alimento e regurgita para os filhotes, e por isso a arcada de um filhote não apresenta os molares, que são os dentes que trituram os alimentos. Conforme o cãozinho envelhece e começa a mastigar a própria comida, ele ganha dentes novos par a tarefa e o seu focinho se alonga, para acomodar esses dentes.

Efeitos

Os dentes dos filhotes são muito menores do que os dos cães adultos, e eles também são muito mais afiados. Quando estiver brincando com o seu filhote, tome cuidado com os dentes, já que eles consegue facilmente cortar a sua pele. Normalmente, o filhote não tem a intenção se machucar -- os dentes são uma coisa nova para ele, e ele ainda está aprendendo a controlar a própria mordida (que é a usada por ele para fechar a mandíbula). Os filhotes, assim como os bebês humanos, adora colocar tudo na boca, incluindo as suas mãos. No cão adulto, os dentes são maiores e mais arredondados. O cão adulto também já deve ter aprendido a controlar a sua mordida através de interações com, e correções de, outros cães.

Cronograma

De acordo com a Universidade do Colorado, um filhote começa a ganhar os incisores entre 4 e 6 semanas de vida, os caninos entre 5 e 6 semanas e o pré-molares, em torno da sexta semana. Alguns filhotes podem começar a apresentar os dentes decíduos já na segunda semana de vida. Outros podem levar até 8 semanas para a dentição começar a sair. Quando seu filhote tiver em torno de 3 meses, você vai notar que ele começa a babar e morder muito mais. Esse é um sinal de que a dentição adulta está começando a aparecer. Nessa dentição, os incisores saem entre 3 e 5 meses de vida e os caninos entre 4 e 6 meses de vida. Os pré-molares normalmente nascem entre os 4 e 5 meses e o molares aparecem entre os 5 e 7 meses.

Cuidados

Fique atento aos dentes do filhote quando ela começa a perder a dentição decídua e os dentes permanentes começam a nascer. Você provavelmente não vai encontrar nenhum dente perdido, já que os filhotes normalmente engolem eles, mas você precisa ter certeza de que os dentes decíduos estão mesmo caindo. Existe uma doença que faz com que os dentes do filhote não caíam, mas os dentes adultos nascem mesmo assim. Os dois dentes irão se empurrar e resultar em uma mordida anormal. Esses dentes acavalados também irão prender os alimentos entre eles, e esses alimentos irão apodrecer na boca do bichinho. O site Dog-Health-Guide.org recomenda que você leve o filhote no veterinário entre os 3 e 4 meses, para que o médico cheque a dentição e, se aparecer algum problema, poder arrancar o dente de filhote para que o outro possa nascer normalmente.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...