Exame para diabetes em casa

••• Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

A suspeita de que você ou um ente querido tenha diabetes pode ser assustadora. No entanto, existem exames acessíveis que podem ser feitos em casa. O conhecimento dos sintomas nos leva a saber a necessidade de se fazer o exame em casa. Existem dois tipos principais de diabetes: tipo 1 e tipo 2. Diabéticos tipo 1 não produzem insulina, enquanto diabéticos tipo 2 são resistentes à insulina. Se os exames feitos em casa estão fora da faixa de normalidade, é essencial procurar um serviço de saúde o mais breve possível.

Sintomas

Jupiterimages/Pixland/Getty Images

Os sintomas da diabetes tipo 1 e tipo 2 são semelhantes. O aumento da sede é o sinal mais precoce e notável de açúcar elevado no sangue. Este sinal é seguido por micção frequente. A sede excessiva, com consequente micção frequente, é causada pelo acúmulo de glicose na corrente sanguínea, que "rouba" fluidos dos tecidos. Outros sintomas associados são perda de peso, fadiga, visão turva, respiração rápida e náuseas.

Medida do açúcar no sangue

Thinkstock/Comstock/Getty Images

O mais fácil e mais preciso teste caseiro para diabetes é o teste de glicemia (açúcar no sangue). Medidores de glicemia custam entre R$ 20 e R$160. Eles geralmente incluem uma pequena quantidade de tiras de teste e um dispositivo de punção. É importante seguir as instruções presentes no medidor. Além disso, antes de iniciar o exame, é importante lavar as mãos a fim de eliminar qualquer resíduo de açúcar, o que pode alterar as leituras. A concentração normal de açúcar no sangue em jejum está entre 70-130 mg/dl. Se o teste for feito duas horas após a refeição, os resultados encontrados devem ser inferiores a 180 mg/dl para estarem dentro da normalidade.

Tiras para teste de urina

Um método menos invasivo para se testar o açúcar sanguíneo é feito por meio de tiras de teste de glicose na urina. As tiras custam em média R$ 30 e devem ser usadas apenas para determinar se há elevação de açúcar no sangue. As tiras não são capazes de ler concentrações de açúcar no sangue menores que 180 mg/dl e são muito passíveis de interpretação errônea. Se a glicose aparecer nas tiras de teste de urina, é importante testar o seu nível de açúcar no sangue usando um medidor de glicemia para uma leitura mais precisa.

Kits de A1C em casa

Thinkstock Images/Comstock/Getty Images

Outro método para se testar a diabetes em casa são os kits de A1C. Eles testam a hemoglobina glicada (A1C) e dão uma média de três meses do seu açúcar no sangue. A A1C normal deve ser inferior a 6%. Ao comprar um kit de A1C em casa, certifique-se que ele ofereça resultados dentro de cinco minutos. Alguns dos kits para exame em casa necessitam do envio de uma amostra de sangue para um laboratório com espera de três a seis semanas para os resultados.

Quando procurar um médico?

Jochen Sands/Digital Vision/Getty Images

Você deve procurar aconselhamento médico se acha que tem um dos dois tipos de diabetes. Se testar seu nível de açúcar no sangue usando um medidor de glicemia e obtiver um resultado superior a 130 mg/dl, procure um médico para a realização de exames complementares. Qualquer leitura de açúcar no sangue superior a 200 mg/dl associada a sintomas como sede, micção freqüente, dificuldade para respirar ou náuseas deve ser vista por um médico o mais rápido possível. Açúcar elevado no sangue pode levar rapidamente a cetoacidose diabética (CAD), que é letal se não for tratada imediatamente. Para os testes de A1C em casa, qualquer leitura acima de 6% deve ser acompanhada por um médico. Quando for maior que 8%, deve ser vista por um médico imediatamente devido aos riscos elevados de CAD.

Mais recentes

×