×
Loading ...

Experimentos com imãs e rolhas para crianças pré-escolares

Atualizado em 04 outubro, 2018

Alguns experimentos podem ser feitos com um ímã e uma rolha de cortiça para ajudar as crianças no jardim de infância a entenderem magnetismo em nível básico. Os ímãs têm dois pólos, norte e sul, e atraem o pólo oposto de outros ímãs. Isso significa que se você colocar o norte de um ímã contra o sul de outro, eles serão atraídos. Você poderá fazer uma bússola ou testar que objetos são magnéticos ou não.

Uma bússola é essencialmente um ímã que é atraído pelo pólo norte da Terra (Ablestock.com/AbleStock.com/Getty Images)

Objetos magnéticos

Experimentos simples projetados para determinar quais objetos são magnéticos podem ajudar as crianças a compreenderem o básico do magnetismo. Um desses experimentos, criado pelo site BrainPOP Jr., é chamado de "Ir pescar" e mostra às crianças objetos magnéticos. Coloque vários itens, como uma rolha, um clipe e uma tesoura em uma caixa. Dê às crianças um ímã e peça-lhes para determinar quais os objetos são atraídos pelo ímã. Isso poderá ser divertido para as crianças pois elas verão os ímãs levantarem e prenderem objetos magnéticos. Como resultado da sua estrutura base, a maioria dos metais são magnéticos. Alguns objetos, como a cortiça, por exemplo, tem uma quantidade igual de carga positiva e negativa, o que significa que não serão atraídas pelo ímã.

Loading...

Bússola

A cortiça e o ímã são normalmente unidos para criar uma bússola caseira, mas muitas experiências diferentes podem ser feitas com eles. Faça você esta experiência com as crianças, para evitar possíveis acidentes com a agulha. Esfregue um ímã contra uma agulha para magnetizá-la. Esse processo pode levar algum tempo, portanto, seja paciente. Pegue um pequeno pedaço de cortiça e enfie a agulha imantada no centro dele. Encha um copo com água quase até a borda, e coloque a rolha e agulha na água para que o conjunto flutue. Verifique se há água suficiente para manter a agulha no meio do copo. Ela irá apontar para o pólo norte da Terra, tornando-se, assim, uma bússola. As partículas carregadas já dentro da agulha (o que a torna magnética) são organizadas em "grupos" pela ação do ímã, comportando-se como ele. A Terra também tem pólos, razão que faz as bússolas trabalharem.

Outras bússolas

Uma outra maneira de fazer uma bússola é com um lápis, um bloco de madeira, dois ímãs, e um um pedaço de cortiça circular. Segure dois ímãs próximos um do outro para que eles se atraiam. Deste modo, fixe-os no lados opostos da peça circular de cortiça. Se puder se movimentar livremente, o conjunto se comportará como uma bússola. Coloque o lápis em cima da madeira, com um pouco de cola ou fita adesiva, se necessário, e equilibre a cortiça em cima do conjunto. Um ímã irá apontar para o norte, e o outro para o sul. Você também pode fazer isso através da suspensão da cortiça e dos ímãs no teto usando uma linha.

Atração e repulsão

Esta experiência pode ser feita da mesma maneira que a da bússola flutuante, mas não será necessário encher o copo até a borda. Em vez de deixar os pólos da Terra atraírem o imã, use um outro ímã para ver como a agulha é afetada. Puxe a ponta da agulha em círculos, ou gire ao redor do ímã, você pode até repeli-la, aproximando-a do lado correto. Isso pode ajudar as crianças a entender mais como os ímãs funcionam, incluindo a ideia de que eles têm um determinado alcance, dependendo de sua força.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...