×
Loading ...

Prilosec (omeprazol) para cães

O Prilosec é o mais novo medicamento usado para tratar úlceras e refluxos ácidos em cães. Embora ele não seja aprovado pela FDA (Administração de Alimentos e Medicamentos dos EUA), ele está disponível para compra com prescrição e deve ser usado apenas com aconselhamento veterinário. Foi provado que ele funciona por mais tempo que outros medicamentos usados anteriormente e pode interromper o desenvolvimento de úlceras causadas por outros remédios.

O Prilosec podem ajudar a aliviar o refluxo ácido do seu cão (Ryan McVay/Photodisc/Getty Images)

Prilosec

O Prilosec também é conhecido como omeprazol, e é usado para tratar úlceras no estômago e nos intestinos ao inibir a produção de ácido. Embora ele não costume ser usado em cães devido ao seu preço, funciona mais efetivamente ao combater novas úlceras em formação que a cimetidina, usada anteriormente. Esse medicamento é usado como um antiúlceras e um inibidor de bombas ácidas gástricas. Ele bloqueia a secreção ácida no estômago, permitindo que as úlceras existentes se curem e prevenindo que outras se desenvolvam.

Loading...

Dosagem

O Prilosec está disponível em comprimidos de 10 e 20 mg, e é administrado oralmente. De acordo com o website PetEducation.com, a dosagem típica é de 0,25 a 0,5 mg a cada 300 g de peso corporal; porém, esse medicamento não deve ser administrado sem consultar o veterinário quanto à quantidade exata da dosagem.

O medicamento é dado oralmente (Chris Amaral/Digital Vision/Getty Images)

Pesquisas clínicas

Hillevi Matsson, doutora em Farmacologia, Pesquisa e Desenvolvimento Pré-clínico Gastrointestinal, conduziu uma pesquisa clínica sobre o uso do Prilosec em cães. O medicamento foi administrado diariamente a dez cães da raça Beagle por sete anos. Depois de cinco anos, um teste quantitativo de secreção de ácido gástrico foi realizado, revelando que não existem efeitos adversos oriundos do medicamento. A pesquisa também mostrou que, com o uso prolongado do Prilosec, o grau de inibição ácida foi mantido.

A pesquisa também mostrou que, com o uso prolongado do Prilosec, o grau de inibição ácida foi mantido (George Doyle/Stockbyte/Getty Images)

Efeitos colaterais

Embora o Prilosec geralmente seja bem tolerado, alguns efeitos colaterais leves incluem diarreia, vômito, flatulência, infecção no trato urinário, distúrbios no sistema nervoso e mudanças sanguíneas. O uso do Prilosec também tem demonstrado supressões na produção da medula óssea em casos raros.

O Prilosec pode causar efeitos colaterais adversos (Dean Golja/Photodisc/Getty Images)

Cuidados

O Prilosec não deve ser dado a cães que sofram de insuficiência renal ou hepática, que estejam em período de gestação ou amamentação, ou possam ter sensibilidade ao medicamento. Se estiverem tomando fenitoína, varfarina ou diazepam, o Prilosec pode aumentar seus efeitos. Devido à mudança no nível de pH do estômago, a absorção de quaisquer outros medicamentos orais pode ser diminuída.

O Prilosec não deve ser dado a cães lactantes (Comstock/Stockbyte/Getty Images)
Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...