×
Loading ...

Técnicas de coleta com swab para testagem de equipamentos industriais

O equipamento industrial, especialmente na indústria de processamento de alimentos, requer limpeza impecável. A simples adição de um micróbio, ou bactéria, a uma linha de montagem de alimentos pode fazer adoecer potencialmente centenas de consumidores. As empresas testam micróbios periodicamente através de técnicas de swab. No entanto, o tipo de haste de swab deve ser projetado especificamente para coletar a amostra da forma mais precisa.

Testar equipamentos industriais quanto a micróbios inibe a propagação de doenças (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Função do swab

A passagem de um swab baseia-se na simples absorção de um espécime de micróbio em um material, tal como um chumaço de algodão, para análise. As pessoas devem operar equipamentos industriais e muitas empresas revezam vários funcionários para cobrir todos os turnos. O equipamento é constantemente exposto aos micróbios humanos ao se respirar, tossir, espirrar ou tocar. A pesquisa microbiológica é essencial para um produto alimentar esterilizado, bem como para saúde pública.

Loading...

Metodologia do swab

O swab deve permanecer estéril dentro de seu recipiente de embalagem imediatamente antes da utilização para evitar falsas leituras. Passe-o em toda a superfície destinada e prontamente recoloque-o em seu recipiente de embalagem designado. O recipiente normalmente tem um meio para impedir que os micróbios se multipliquem. Qualquer distorção da contagem da amostra original pode levar à análise incorreta da população microbiana do equipamento industrial.

Tipos de swab

Um swab comum tem uma ponta embalada de algodão. No entanto, a composição do algodão é prejudicial à saúde dos micróbios. Os ácidos graxos do algodão destroem micróbios antes de serem analisados por um microbiologista autorizado. Swabs de esponja ou espuma são projetados especificamente para as necessidades de detecção de micróbios industriais. O espécime está a salvo de toxicidade, permitindo uma visão precisa do grau de crescimento dele no equipamento.

Tipos de hastes

Por incrível que pareça, a haste do swab afeta a técnica de coleta. Hastes típicas de madeira contêm os mesmos ácidos graxos associados aos cotonetes. A madeira reagirá com os micróbios, uma vez que volte para a embalagem após a coleta da amostra. As hastes de plástico são uma opção viável, uma vez que não reagem com os micróbios, mas podem lascar durante a coleta ou o transporte. A nova tecnologia permite o uso de fio de alumínio e, ainda, rayon, como materiais mais seguros. Nenhum deles afeta a saúde ou a quantidade do microrganismos, proporcionando uma amostragem precisa.

Liberação de micróbios

Outra preocupação em relação às técnicas é à quantidade de micróbios liberados do próprio swab. O CLSI (Clinical and Laboratory Standards Institute) designa padrões de swab nos Estados Unidos, e sua aplicação particular, para evitar a análise incorreta de micróbios não liberados. O tipo de esponja ou espuma não é enrolado firmemente como um cotonete. Os micróbios ficam presos na cabeça enrolada, fazendo com que apenas 30 a 50% da amostra seja liberada, afirma o Rapid Microbiology.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...