×
Loading ...

Por que usamos preto em funerais?

A Rainha Vitória da Inglaterra deu início ao costume de usar roupas pretas de luto depois da morte do seu marido, Príncipe Alberto, em 1861. As massas imitaram a Rainha e, assim, se tornou comum para os cidadãos usarem suas roupas pretas para representar o luto, que alguns acabavam usando por anos caso muitas mortes ocorressem. A Rainha Vitória lamentou a perda do marido e pai de seus nove filhos por dez anos, e continuou a usar preto pelo resto de seu reinado. Ela deu origem à moda de ficar de luto publicamente.

Nas culturas ocidentais, o preto representa luto (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Preto é a cor do luto

O preto foi a cor escolhida porque é considerado a cor do luto e anuncia que uma pessoa está sofrendo de uma tristeza profunda. Na Era Vitoriana, os tecidos usados para as roupas de luto eram a parramatta, a bombazina simples, o crepe, a caxemira e a lã merino. Além da influência da Rainha Vitória, os ocidentais também foram influenciados por Coco Chanel, que apresentou o vestidinho preto depois da Segunda Guerra Mundial. Esse vestido ainda continua como padrão de respeitabilidade e pode ser usado em quase qualquer lugar, incluindo um funeral.

Loading...

Tradição ocidental

De acordo com a especialista Marian T. Horvat, a recente mudança para festas de casamento com roupas pretas e coloridas usadas para funerais é uma indicação de desrespeito às tradições ocidentais. Ela nota que o preto e o violeta escuro são as cores usadas para o luto, enquanto o branco significa inocência, pureza e virgindade.

O processo de luto durante a Era Vitoriana

Durante a Era Vitoriana, conforme o estágio de luto progredia, a viúva se mantinha completamente coberta em crepe preto pelo primeiro ano e um dia; depois, o crepe era parcialmente removido e ela passava para o que era considerado o estágio secundário do luto, que durava mais 3/4 de um ano. Depois de remover todo o crepe, e embora ainda usasse roupas pretas, os tecidos ficavam mais luxuosos e incluíam a seda e o veludo. Era considerado inteiramente apropriado fazer as roupas com franjas, laços, fitas e detalhes nesse estágio do processo, de acordo com o website Fashionera.com.

Meio Luto

O "meio luto" eram os seis meses finais do período no qual a viúva podia usar suas roupas normais, mas elas eram feitas com cores suaves como malva, cinza, branco ou púrpura. Cada transição no processo de luto era muito discreta e suave. Por fim, a viúva se permitia usar cintos, laços e botões.

Chapéus e véus

As viúvas de luto também usavam chapéus e véus pretos. Os véus ficavam mais curtos conforme o luto progredia, e por fim, eram abandonados por completo. Os chapéus ficavam mais elegantes com o tempo e a mulher começava a aplicar ornamentos neles.

Respeito

Atualmente, a maioria das pessoas não é tão extrema no luto, mas a sociedade ocidental ainda opta por vestir preto quando vai a um funeral. Esse é um gesto de respeito e demonstra que a pessoa está sofrendo uma perda.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...