Como calcular o valor agregado

Escrito por madison garcia | Traduzido por felipe zschornack
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como calcular o valor agregado
Calculando o valor agregado em projetos (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

O valor agregado é utilizado para medir o progresso de um projeto. Ele calcula quanto do orçamento previsto já foi utilizado até determinado ponto do projeto e é usado em conjunto com o cronograma de custo para calcular uma taxa de performance, que indica se um plano está acima ou abaixo do orçamento previsto.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Papel
  • Lápis
  • Calculadora
  • Orçamento
  • Registro atual de despesas

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Some todos os valores orçados de recursos e mão-de-obra do projeto. Este é o custo orçado do trabalho agendado (BCWS, sigla em inglês).

  2. 2

    Multiplique o BCWS pelo percentual do projeto que já foi completado. Por exemplo, dado um projeto cujo BCWS seja de R$ 10.000 e que esteja 40% completo, o valor agregado será igual a R$ 10.000 x 0,40 = R$ 4.000.

  3. 3

    Divida o custo real do trabalho realizado (ACWS, sigla em inglês), ou seja, o valor total do que foi gasto em recursos e mão-de-obra até a data atual, pelo valor agregado, para obter a taxa de performance do projeto. Multiplique o valor obtido por 100, para obter a taxa de performance na forma de porcentagem. Continuando o exemplo, se o ACWS tiver sido de R$ 3.000, então, a taxa de performance será: R$ 3.000 / R$ 4.000 X 100 = 75%. Isto significa que o projeto está sendo executado abaixo do orçamento. Se esse valor for acima de 1 (100%), então, o projeto estará sendo executado acima do orçamento previsto.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível