Mais
×

Câmaras de altitude caseiras

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Uma câmara de alta altitude ou hipobárica imita o ambiente encontrado acima do nível do mar. Em lugares assim, como o topo de montanhas, a pressão atmosférica e os níveis de oxigênio são baixos. Tanto o corpo humano, quanto os dispositivos funcionarão de forma diferente do que quando estão ao nível do mar. Por essa razão, instrutores treinam pilotos, tripulação de voo e atletas em câmaras de alta altitude. Você pode experimentar os efeitos dessa condição do ar ao fazer sua própria câmara hipobárica -- uma tarefa muito mais fácil do que transportar seu equipamento até o topo de uma montanha.

Instruções

A high-altitude or hypobaric chamber mimics the environment found high above sea level. (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

    Seção 1

  1. Com a furadeira, faça dois furos de 0,6 cm de diâmetro na lateral da tigela de aço inoxidável para os conectores de 0,6 cm. Pratique em uma peça de plástico, até conseguir perfurar o furo do tamanho exato que precisa. Se não estiver seguro, comece com um furo pequeno e vá aumentando gradualmente até que o conector se encaixe.

  2. Misture a resina e espalhe em torno dos conectores de bronze. Insira os conectores nos furos que você fez e deixe secar completamente.

  3. Coloque a vedação de borracha na parte superior da tigela de aço inoxidável de cinco litros. Use um produto que se acomode em toda a borda da tigela. A vedação permite que as duas tigelas formem uma vedação hermética. É uma boa ideia levar a tigela quando for comprar a vedação, assim você pode escolher uma que se ajuste perfeitamente.

  4. Vire de cabeça para baixo a tigela de pirex de mesmo tamanho que a de aço inoxidável. Coloque a borda da tigela que está de cabeça para baixo na parte de cima da vedação na borda da peça de aço inoxidável.

  5. Conecte o regulador de vácuo na bomba a vácuo aparafusando-a bem. Aperte os parafusos manualmente e, depois, finalize com uma chave inglesa.

  6. Empurre uma extremidade do tubo flexível de 0,6 cm sobre um dos conectores de bronze na taça de aço inoxidável. Insira o conector na abertura do tubo. Certifique-se de que o tubo cobre, pelo menos, duas ranhuras do conector. A outra extremidade do tubo deve ser conectada ao regulador de vácuo na bomba. O tubo passa sobre a barra do regulador como o conector na tigela de aço inoxidável.

  7. Conecte outro tubo no segundo conector na tigela. Insira-o dentro do aferidor a vácuo. Este dispositivo terá um conector como o conector de bronze na tigela. Anexe o tubo do mesmo jeito realizado no lado "in" do equipamento. O aferidor tem uma seta que indica a direção na qual o tubo deve ser colocado. O lado "in" é a parte de trás e o lado "out" é a parte pontiaguda da seta.

  8. Conecte a válvula de agulha e o filtro ao aferidor de vácuo usando um tubo pequeno. Conecte o tubo do lado "out" na válvula de agulha da mesma forma que nas etapas anteriores.

  9. Ligue a bomba a vácuo e ajuste o regulador para um fluxo específico de ar retirado da tigela. Verifique o aferidor e interrompa o bombeamento quando atingir a altitude ou pressão desejadas. Consulte um gráfico para verificar a pressão em altitudes diferentes. Se a câmara não estiver ao nível do mar, será necessário alterar a altitude atual.

O que você precisa

  • Furadeira com broca
  • Tigela de aço inoxidável de 5 litros
  • Tigela pirex de 5 litros
  • Vedação de borracha
  • Dois conectores de cano de bronze com 0,6 cm
  • Resina
  • Bomba a vácuo
  • Regulador de vácuo
  • Aferidor a vácuo
  • Válvula de agulha e filtro
  • 3 pedaços de tubo flexível de 0,6 cm
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article