Como carregar paletes

Escrito por john kibilko | Traduzido por ingrid marçal
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como carregar paletes
O carregamento de paletes em caminhões tornou-se uma ciência. (truck image by timur1970 from Fotolia.com)

À primeira vista, o problema do carregamento de paletes pode parecer mundano - colocar algumas caixas em um palete e colocá-lo em um caminhão. Ainda assim, pesquisas e estudos matemáticos que têm investido no assunto são vastos. Quando se fala sobre carregamento de paletes, há dois problemas: o carregamento dos paletes propriamente ditos e o carregamento dos paletes em um caminhão, trem ou avião. Para o transporte industrial, o carregamento de paletes - como carregamento de pacotes ou qualquer outro tipo de carga - é preciso pesar fatores como trabalho, eficiência e tempo. É um ato de malabarismo que tem sido elevado a uma forma de arte.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Empilhadeira

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Inspecione a carga nos paletes a serem carregados no caminhão. Esse é o passo mais crítico de todo o processo de carregamento dos paletes. Caixas quadradas ou retangulares são as cargas mais simples de manusear. Objetos circulares ou cilíndricos impõem um grande desafio. Cargas com formato irregular requerem uma abordagem totalmente diferente. O peso também é uma das principais considerações. Todos esses fatores determinarão como o carregamento dos paletes deve ser feito.

  2. 2

    Verifique o tamanho do reboque ou contêiner a ser carregado. Reboques de caminhão padrão tem um tamanho de 2,5 m de largura por 4 m de altura e 16 m de comprimento. Caminhões menores têm espaço de carga de 12 m de comprimento. Sua técnica de carregamento será determinada por esses fatores, e se o reboque já contém ou não alguma carga.

  3. 3

    Carregue os paletes verticalmente se a carga for muito pesada ou há pouca ou nenhuma chance da carga ser trocada de lugar durante o transporte. Esse tipo de carregamento é o método mais rápido porque os paletes têm 1 m de largura por 1,20 m de profundidade e há bastante espaço para o operador da empilhadeira manobrar e carregar duas pilhas de paletes. Essa técnica também deve ser empregada se os paletes são "duas vias", o que significa que eles são construídos de forma a permitir o acesso da empilhadeira em ambos os lados - nomeadamente sobre os lados das paletes que são 1 m de largura. No entanto, esse método não maximiza o espaço do reboque e pode tornar a movimentação da carga um problema com cargas mais leves ou instáveis.

  4. 4

    Carregue os paletes "ao contrário" ou usando o método lateral para maximizar a utilização do espaço e assegurar um encaixe seguro e firme da carga. O formato de 1,21 m de largura dos paletes, usando esse método, multiplicado por dois, deixa somente 15 cm de espaço transversal no reboque. Os paletes devem ser de quatro vias, ou capazes de aceitar a empilhadeira em todos os quatro lados.

  5. 5

    Use o método de roda fixa para carregar cargas altas ou instáveis. Esse método é basicamente alternar os paletes entre os estilos vertical e lateral. Essa técnica de intertravamento aumenta a estabilidade da carga. O método é particularmente efetivo para carregar items tais como caixas leves ou que são empilhadas verticalmente e são instáveis, muitas vezes até mesmo quando não estão em movimento.

Dicas & Advertências

  • Cargas pesadas ou instáveis deveriam ser amarradas ou devidamente embaladas. Na verdade, o embalamento muitas vezes não é usado para o transporte, mas sim em armazéns para evitar que os pacotes caiam dos paletes durante o carregamento, ou para prevenir roubos.
  • Se você tiver uma carga que consiste em itens empilhados da mesma altura, você pode empilhar os paletes no reboque para obter o melhor uso de espaço.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível