Como construir uma arca para um cenário

Escrito por richard reyes | Traduzido por maria itokazu
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como construir uma arca para um cenário
A arca de Noé é conhecida por adultos e crianças (Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images)

Para muitas pessoas, a ideia de uma arca está ligada à narrativa bíblica da angustiante jornada de Noé através de quarenta dias e noites de chuva torrencial. Para sobreviver por tanto tempo, os animais e as pessoas a bordo da arca de Noé precisavam de uma estrutura protetora, coberta. Mas, nas representações da arca, os artistas muitas vezes deixam que os animas observem sobre a amurada que cerca a arca. Como observa Diane Bailey, em "Scenery and Set Design" (Cenário e Cenografia), a simplicidade quase sempre é a melhor estratégia cenográfica. Felizmente, uma arca pede um projeto básico e enxuto. Construa uma arca convincente, com materiais simples, como tábuas de pinho e papelão.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Papelão
  • Tinta têmpera
  • Pratos de papel
  • Pincéis
  • Papel jornal
  • Pistola para cola quente
  • Bastões de cola quente
  • Grampeador
  • Grampos
  • Estilete
  • Tábuas de pinho de 5 cm x 10 cm
  • Serra elétrica de bancada
  • Furadeira / parafusadeira elétrica
  • Braçadeiras para madeira
  • Régua
  • Broca Countersink
  • Ponta Phillips para parafusadeira
  • Cantoneiras
  • Parafusos para madeira
  • Cola de madeira
  • Óculos de segurança

Lista completaMinimizar

Instruções

    Instruções

  1. 1

    Verifique todos os ângulos do palco, para determinar quais partes da arca podem ser vistas de determinados ângulos. Construa apenas as partes que ficarão visíveis para o público. Se a arca ficar no centro do palco, pode ser necessária uma peça mais elaborada, do que se ela fosse colocada apenas nas laterais.

  2. 2

    Corte as duas tábuas de pinho de 5 cm x 10 cm, medindo mais ou menos um terço da largura da arca. Corte mais duas tábuas medindo a altura da arca menos 10 cm. Essas tábuas formarão a estrutura para o suporte da arca. Use o teorema de Pitágoras para determinar o comprimento de uma tábua diagonal que apoiará a estrutura. Essa tábua de apoio será a hipotenusa (c) de um triângulo retângulo composto da altura da arca (a) e da distância da base (b). Deixe uma folga de alguns centímetros para cortar a tábua de apoio em ângulo. Lembre-se de medir e marcar as tábuas duas vezes antes de fazer os cortes e de usar óculos de segurança. Prenda sempre as tábuas com braçadeiras, antes de cortá-las.

  3. 3

    Prenda as tábuas da estrutura do suporte com cantoneiras. Passe um pouco de cola de madeira nas junções.

  4. 4

    Use a broca Countersink para fazer os furos-guia na estrutura do suporte. Prenda a estrutura com parafusos de madeira, usando uma ponta Phillips. Repita o processo para a tábua de apoio.

  5. 5

    Use um estilete para cortar as vigas curvas da arca no papelão corrugado. As vigas superiores devem ter três vezes o comprimento da estrutura do suporte. Essas vigas devem diminuir progressivamente, de forma que as vigas inferiores sejam um pouco maiores do que a largura da estrutura do suporte. A frente da arca terá a forma de um "L" e a traseira, uma ponta. Corte dois recessos de 5 cm de largura nas vigas de papelão para encaixá-las na estrutura do suporte.

  6. 6

    Use cola quente para fixar as vigas de papelão à estrutura.

  7. 7

    Cubra as vigas de papelão com folhas de papel jornal. Grampeie o papel, de forma a cobrir cada pedaço da arca.

  8. 8

    Use um prato de papel como palheta e misture diferentes cores de tinta têmpera, como marrom, amarelo e branco.

  9. 9

    Cubra a arca com uma demão de marrom claro. Use camadas de tinta mais escura para imitar a textura e as sombras da madeira.

Dicas & Advertências

  • Para caracterizar uma arca de Noé, recorte e pinte formas de animais, para que apareçam na amurada.
  • Use sempre óculos de segurança ao manipular serras e furadeiras.
  • Troque as lâminas do estilete com frequência, para garantir cortes precisos e sem rebarbas. O uso do estilete exige cautela.
  • Nunca esqueça a pistola de cola quente ligada. Mantenha a ponta de metal longe das mãos, dos dedos e dos braços.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível