Definição do termo lolicon

Escrito por chad anderson | Traduzido por josé fabián
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Definição do termo lolicon
O lolicon é considerado pornografia infantil sob o ponto de vista legal (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

Lolicon é a romanização de um termo japonês que se refere à obsessão por mulheres jovens, particularmente em um sentido sensual, e uma desordem mental conhecida como "complexo de Lolita", que é um tema comum na animação japonesa. É uma referência à obra famosa do Vladimir Nabokov, "Lolita", e começou a ser usada no Japão após a tradução da obra "The Lolita Complex" (O Complexo de Lolita), de Russel Trainer, durante os anos 70.

Outras pessoas estão lendo

História

O lolicon tem suas raízes no estilo "kawaii" de mangá, palavra traduzível como "lindo". Esse termo faz referência tipicamente a uma estudante jovem, um estereótipo comum das meninas na animação e mangá japoneses. O estilo "hentai", palavra traduzível como "perversão", é o ato sexual neste tipo de mangá. No Japão há uma distinção específica entre as duas palavras, mas segundo o ponto de vista ocidental, parecem significar a mesma coisa. Essa é a razão pela qual os países ocidentais proibiram a arte lolicon como forma de pornografia infantil, pois alguns dados científicos indicam que ela leva à pedofilia. Embora muitos fãs do estilo afirmem o oposto, a evidência no Japão é clara.

Tipos

Há várias formas de lolicon, excluindo o shotacon, que se refere a jovens de sexo masculino. Nesse gênero são incluídos o hawaii, o hentai e o ecchi, variações do que o mangá ou animação mostra como lindo, completamente sexual ou ligeiramente sexual. O lolicon é um fenômeno muito popular no Japão inteiro e essa popularidade é inexplicável. Ele também está se expandindo para outros países.

Características

O lolicon é popular normalmente entre funcionários de escritório com idades entre os 20 e 30 anos. Os homens compram bugigangas e outra parafernália em lojas Burusera que vendem estatuetas, roupa íntima usada e outras mercadorias pervertidas. As estudantes que se fazem passar por prostitutas de noite contribuem com as fantasias do movimento lolicon.

Considerações

O lolicon é visto pelas mentes ocidentais como uma forma de perversão e classificado como pornografia. Isso é uma visão superficial, pois há evidências de que o lolicon, ou "complexo de Lolita", não seja uma obsessão por mulheres jovens, e sim por mulheres com seios pequenos.

Geografia

Conforme o fenômeno lolicon continua se expandindo fora do Japão, foram muitas as ramificações legais e reações culturais. Na Irlanda, na Nova Zelândia, na Austrália e no Canadá, o mangá lolicon é considerado pornografia infantil com as consequências legais correspondentes. Muitas lojas de livros para adultos nos Estados Unidos rejeitam a ideia de vender produtos lolicon apesar de estarem no mercado da pornografia. As lojas especializadas, conhecidas no Japão como "lojas Burusera", começaram a aparecer nas grandes cidades dos EUA e da Europa, e a reação da maioria dos ocidentais esteve longe de ser favorável.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível