Detalhes para criar tilápias em uma piscina de plástico

Escrito por scott johnson | Traduzido por franciele gobi
Detalhes para criar tilápias em uma piscina de plástico

A tilápia é forte e adaptável, por isso é uma boa escolha para a aquicultura doméstica

Photos.com/Photos.com/Getty Images

A tilápia é um dos peixes mais criados em cativeiro no mundo, além de ser um dos melhores peixes para a aquicultura em pequena escala. Esse peixe popular é forte, adaptável a uma variedade de condições e resistente a doenças. As tilápias se reproduzem facilmente e em grandes números, além de crescerem rápido. Elas são uma boa escolha para o cultivo sustentável em fazendas aquáticas. A sua dieta requer apenas pequenas quantidades de alimento para peixe e óleo de peixe, resultando na poluição relativamente baixa do meio ambiente.

Outras pessoas estão lendo

Preparando o lago

Quando for planejar o seu lago para tilápias, considere primeiramente o número de peixes que você deseja manter. O lago deve ter pelo menos 1,5 m de profundidade. Calcule uma área de aproximadamente 85 cm² para cada peixe adulto. Procure localizar seu lago em uma área ensolarada para permitir que as algas se desenvolvam para servirem de alimento para os peixes. Uma fonte confiável de água livre de pesticidas e outros contaminantes é absolutamente essencial. Controlar a água e a comida será a chave para criar peixes saudáveis. Se você está planejando utilizar um forro de tecido ou outro tipo de fundo sintético, faça uma pesquisa para certificar-se de que os materiais não liberarão substâncias tóxicas no lago. Você pode precisar encher o lago vazio diversas vezes após a construção para ter certeza de que ele é seguro.

Povoando o lago

Comece com cinco a seis alevinos para cada 85 cm² de área do lago. Caso não seja possível adquiri-los, 20 a 30 pares de peixes reprodutores será o suficiente para um lago de três a seis metros. Manter um número constante de peixes é importante. Poucos peixes no tanque podem resultar em comportamento territorial, com os animais preocupados mais em se reproduzir do que se alimentar. Já a presença de peixes em excesso pode criar competição por comida, resultando em animais machucados.

Mantendo o ambiente do lago

Assegurar-se da qualidade da comida e da água é a maior prioridade quando se trata de criar tilápias. Um sistema de circulação de água utilizando uma fonte de água natural é a melhor opção para manter a qualidade da água, que deve ser circulada sem causar movimento perceptível no lago. Caso queira utilizar uma mangueira de jardim, o lago precisará de um sistema de recirculação para filtrar e aerar a água. A temperatura deve ser mantida entre 25, 5 e 30°C, necessitando de um aquecimento, dependendo do clima.

Alimentando as tilápias

Uma dieta adequada é a chave para criar tilápias saudáveis e de bom tamanho. Os alevinos precisarão de mais proteína, cuja quantidade necessária diminui conforme os peixes crescem. A tilápia se alimentará das algas e plâncton que crescerem naturalmente no lago. Um fertilizante, como excremento de galinha, deve ser adicionado periodicamente para aumentar o crescimento do alimento natural das tilápias. Não adicione muito fertilizante, pois ele esgotará o nível de oxigênio no lago. Como as tilápias se alimentam de diversos tipos de alimentos, existe uma variedade considerável de estratégias de alimentação suplementar. Na maioria das vezes, a alimentação suplementar será baseada em grãos como soja e arroz.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media