Dicas para pirogravura

Escrito por dan taylor | Traduzido por paulo vinícius santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Dicas para pirogravura
Uma caneta de pirogravura tem uma série de pontas diferentes, dependendo do tipo de madeira ou o método de gravura (soldering woodburning kit image by Steve Johnson from Fotolia.com)

Artesanato de madeira queimada, também conhecido como pirogravura, ou "escrita com fogo", envolve o uso de instrumentos aquecidos como um atiçador ou caneta pirográfica para decorar a madeira com marcas de queimadura. O uso deste método pode resultar em uma decoração com linhas e tons elegantes. Existem dicas para se ter em mente enquanto faz este tipo de trabalho em madeira.

Segurança em primeiro lugar

Como com qualquer objeto aquecido, tenha cuidado onde coloca a caneta pirográfica, pois ela pode queimar você ou sua mesa de trabalho. Nunca deixe um instrumento de queima ligado quando não estiver o usando, devido ao risco de incêndio.

Cuide de sua caneta.

Mantenha a sua caneta afiada e limpa, afim de evitar a acumulação de carbono. Uma boa prática de manutenção melhora o desempenho e prolonga a vida útil da ferramenta. Isto irá prevenir seu instrumento de queimar a madeira de forma irregular ou não funcionar em algum momento.

Mantenha a caneta em movimento

Mantenha a caneta em movimento enquanto você estiver trabalhando. Deixá-la ficar em um mesmo local por uma fração de segundo pode fazer uma mancha preta feia em seu design. Certifique-se que esteja em movimento desde o momento que você a coloca sobre a madeira até o momento em que a retira.

Pratique

Pratique antes de trabalhar com um novo tipo de madeira ou uma nova caneta, e brinque com a temperatura. Cada caneta corta de maneira diferente, e cada tipo de madeira tem sua própria densidade e textura. Praticar ajuda a se familiarizar com a madeira ou a caneta, podendo poupar horas de trabalho refazendo a peça.

Queime levemente, depois escureça

Quando queimando uma área grande, comece queimando-a levemente e, em seguida, avalie o seu trabalho para ver se ele precisa queimar mais. Passe na área novamente para escurecê-la um pouco, e avalie. Continue repetindo o processo até que você tenha a quantidade certa de escurecimento. Fazendo dessa forma, impede você de queimar muito, podendo sempre fazer a área mais escura, mas não pode torna-la mais clara.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível