Como escrever um arquivo Excel a partir do programa COBOL

Escrito por charles carswell | Traduzido por ricardo torres iupi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como escrever um arquivo Excel a partir do programa COBOL
Você pode criar arquivos do MS Excel a partir do COBOL com apenas alguns cliques (data and data security image by Albert Lozano from Fotolia.com)

O COBOL, em sua eloquência, tem muitas capacidades e versatilidades. Entre elas, está a possibilidade de criar vários tipos de arquivos e estruturas. Você pode produzir um arquivo Excel a partir do seu programa COBOL de forma rápida e fácil. Pelo fato do COBOL ter a fluidez da língua inglesa, as etapas envolvidas aqui são simples o suficiente para produzi-las e, ao mesmo tempo, até mesmo melhorá-las. Como exemplo, você pode produzir vários arquivos do Excel a partir de um programa COBOL estruturado em várias formas, como relatórios e tabelas. Os arquivos de Excel criados por você também pode ser do tipo "Comma Separated Value (CSV)", delimitados em espaço, em abas e assim por diante. Isso é útil para preparar os dados para serem exportados a bancos de dados como MS Access.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Defina a estrutura do arquivo que você deseja exportar para o MS Excel e defina-o no "File-Control" da seção “Input-output" de seu programa COBOL. Veja a seção Dicas. A extensão CSV permite que o Excel identifique o arquivo como um arquivo de valor separado por vírgulas, permitindo a visualização e edição dele.

  2. 2

    Crie o arquivo e registre as definições na seção "File Section" da divisão "Cobol Data Division". Sua instrução "FD" irá definir a opção "Extract-File" como padrão e "Record Contains Characters" será definido para o comprimento em bytes do arquivo de saída. Garanta que as descrições de campo correspondam exatamente com seus registros de entrada(s). No fim de cada campo de descrição deverá haver um "Filler" extra que declara o valor pic (x) ','. Esse é o separador para cada área. Agora você está pronto para escrever o novo arquivo.

  3. 3

    Digite a sua instrução “Extract-File” como saída na “Procedure Division” juntamente com as outras declarações que você possuir.

  4. 4

    Codifique sua lógica de loop para ler e escrever sequencialmente cada arquivo que você definiu até que a entrada esteja esgotada. Quando o arquivo for criado, você poderá visualizá-lo usando o Microsoft Excel.

Dicas & Advertências

  • Por exemplo, se estiver produzindo uma versão do Excel de um nome e endereço de arquivo com números de telefone e endereços de email, a sua instrução ficaria assim: select extract-file assign to “g:\\your dir\\extract.csv.”

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível