×
Loading ...

Como escrever uma carta de intervenção

Atualizado em 21 novembro, 2016

Cartas de intervenção são escritas por familiares ou amigos para um indivíduo viciado em substâncias ou possui outro comportamento autodestrutivo. O objeto de uma intervenção é chamado para um local, onde os amigos e familiares estão reunidos com o propósito de expressar seu amor e preocupação com o assunto. Cada participante prepara e lê uma carta, instigando o objeto da intervenção a obter ajuda. Intervenções são moderadas por profissionais de saúde mental ou especialistas de tratamento da dependência.

Instruções

Abuso de substâncias afetam aqueles próximos ao viciado (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

    Lembrando os bons tempos

  1. Comece sua carta de intervenção com uma afirmação de amor ou afeto para o destinatário. Escreva algumas frases que lembram os bons tempos, eventos memoráveis, e épocas especiais compartilhados entre você e que o destinatário da carta. Cite incidentes específicos e ocasiões em que você e o destinatário desfrutavam de uma experiência positiva. Expresse o quanto suas memórias positivas significam para você.

    Loading...
    Descreva as consequências negativas do vício (Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images)
  2. Lembre de incidentes envolvendo um comportamento negativo do seu amigo ou membro da família quando intoxicado. Descreva a sua mágoa, raiva e constrangimento. Se você é o cônjuge ou companheiro do objeto de intervenção, comente sobre o impacto do comportamento do viciado na relação e sobre as crianças muito jovens para participar da intervenção. Cite fatos. Não enrole descrevendo incidentes perturbadores. Inclua detalhes como data, localização e informações gráficas.

    Cartas de intervenção são lidas pelos escritores para seus destinatários (Jupiterimages/BananaStock/Getty Images)
  3. Peça ao destinatário da carta de intervenção para obter ajuda. Cite as consequências caso o destinatário não procure ajuda e nem complete um programa de recuperação. Seja firme e específico: "Se você não buscar ajuda imediatamente, eu me divorciarei de você". Liste somente consequências que você pode aplicar. Termine a sua carta de intervenção com uma afirmação de apoio e carinho, e faça um apelo final para o destinatário obter ajuda.

    Termine a sua carta de intervenção com uma afirmação de apoio e carinho ao destinatário (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)
  4. Seja honesto ao escrever uma carta de intervenção. Evite fazer acusações gerais. Descreva os incidentes em detalhe. Descreva como a doença do destinatário ou seu vício é prejudicial a sua relação. Evite amaciar a verdade. Você está escrevendo uma carta para surpreender a pessoa viciada, a fim de que saia do estágio de negação e entre no tratamento.

    Descreva como o vício está destruindo o seu relacionamento com o destinatário da carta (Medioimages/Photodisc/Photodisc/Getty Images)
Loading...

Dicas

  • Escreva uma carta a intervenção como uma conversa privada entre você e o destinatário.
  • Concentre-se em seu relacionamento com o destinatário, a menos que você também esteja escrevendo em nome das crianças.
  • Obrigue o destinatário a obter ajuda imediata.
  • Não cite consequências que não possa ou não aplicará.
  • Procure ajuda do moderador de intervenção se você estiver incerto sobre o que incluir em sua carta.
  • Não compartilhe a sua carta de intervenção com outros membros da família e amigos até ler durante a intervenção.
  • Aceite sugestões e siga as instruções oferecidas pelo intervencionista.

Aviso

  • Intervenções nem sempre funcionam. Esteja preparado para todos os resultados possíveis.
  • O destinatário de sua carta de intervenção pode ficar perturbado, hostil, ou pode surtar depois de ler a sua carta.
  • Escrever uma carta intervenção é estressante; faça pausas quando necessário.
  • Não seja defensivo.
  • Evite compromissos negativos com o destinatário da carta de intervenção.

O que você precisa

  • Computador
  • Processador de textos
  • Impressora
  • Papel
  • Canetas e lápis

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...