Como escrever um roteiro adaptado de uma história em quadrinhos

Escrito por stephen lilley | Traduzido por erika f curto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como escrever um roteiro adaptado de uma história em quadrinhos
Aprenda a fazer um roteiro baseado em uma história em quadrinhos (Medioimages/Photodisc/Photodisc/Getty Images)

Houve um dramático influxo na quantidade de filmes baseados em histórias em quadrinhos para serem sucesso de bilheterias dos cinemas nos últimos anos. Apesar de não ser o primeiro filme do gênero, quando "X-Men", de Bryan Singer, chegou às bilheterias em 2000, e provou ser um sucesso surpreendente, os estúdios começaram a comprar qualquer propriedade disponível que estivesse ao menos remotamente ligada a uma história em quadrinhos. Desde então vimos vários filmes baseados em "Homem-Aranha", "Batman", e até mesmo em personagens menores, como "Elektra" e "Mulher-Gato". Apesar de todos esses filmes, ainda há muitos personagens pendentes a terem sua aparição nos cinemas. Talvez você até tenha se interessado na ideia de escrever o seu próprio roteiro baseado em seu personagem favorito. Seguindo alguns passos simples, é possível ter certeza de que escreverá um dos melhores filmes baseados em uma história em quadrinhos, e um dos que não serão esquecidos.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Papel
  • Algum utensílio para escrita
  • As histórias em quadrinhos que caracterizam seu personagem favorito

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Encontre um personagem pelo qual seja apaixonado para ser tema do seu roteiro. Isso funciona por dois motivos. Primeiro, caso ame e respeite o personagem, terá mais chances de realmente terminar o que começou. Segundo, terá conhecimento prévio do personagem, e saberá por onde começar, e mais ou menos como deve seguir. Isso tornará a escrita muito mais fácil. Certifique-se de ler sobre a história dos personagens -- para isso será preciso ir até uma loja de histórias em quadrinhos e encontrar o máximo possível das edições anteriores que caracterizem seu personagem em particular, tanto os bons quanto os ruins.

  2. 2

    Desapaixone-se do personagem. Isto pode soar como uma contradição completa ao passo número 1, mas não é. Após ter começado a escrever o roteiro, seu trabalho não é escrever uma adaptação fiel de uma história em quadrinhos -- é escrever um bom filme. Filmes e histórias em quadrinhos são duas coisas diferentes, e o que funciona em um meio não necessariamente se traduz no outro. Às vezes será necessário não incluir o seu momento favorito de sua edição favorita do quadrinho no roteiro, simplesmente porque não funciona com o contexto do filme. Você não pode ter medo de cortar ou mudar as coisas, para fazer com que o resultado final seja melhor.

  3. 3

    Lembre-se de que o que funciona nas páginas dos quadrinhos não necessariamente funcionará na tela. Isto foi mencionado brevemente na etapa 2, mas nunca é demais enfatizar sua importância. Um bom exercício para ilustrar este ponto: assista o DVD da adaptação de sua história em quadrinhos favorita, e em seguida assista sua cena de ação favorita. Agora, vá até a loja de histórias em quadrinhos local e compre a adaptação em quadrinhos do mesmo filme. Leia a sua cena de ação favorita, e esteja preparado para se decepcionar com o quão chata e sem inspiração ela é no quadrinho. Isso ocorre porque os quadrinhos podem fazer coisas que os filmes não podem, e os filmes podem fazer coisas que os quadrinhos não podem. É necessário balancear os pontos fortes dos quadrinhos, e não necessariamente ficar tão preso a um material original que não alterará nada na história.

  4. 4

    Estude os clássicos. Cada gênero tem seus filmes clássicos, e o gênero dos quadrinhos não é exceção. Há filmes verdadeiramente fantásticos a serem encontrados sobre super-heróis, e, antes de começar a escrever, é preciso vê-los. Estude o que deu certo e o que não deu neles. Pergunte-se o que eles têm em comum? Existe algo que você mudaria? Compare-os aos quadrinhos em que são baseados. Procure o que foi alterado e considere o porquê. Estas são coisas importantes a se questionar ao escrever, por isso nunca é demais saber o que os grandes nomes fizeram antes de você.

  5. 5

    Lembre-se da palavra "verossimilhança". Cada filme verdadeiramente grande de quadrinhos tem um forte senso de verossimilhança -- isto é, apesar de ser sobre personagens que podem voar ou atirar lasers de seus olhos, ou diversas outras coisas, eles ainda estão completamente fundamentados na realidade. Não inclua algo ridículo, apenas porque "Ah, é baseado em uma história em quadrinhos". Filmes de sucesso, como "Super-Homem" de Richard Donner, ou "Batman Begins" de Christopher Nolan baseiam suas histórias em um mundo não muito diferente do nosso, com a única exceção sendo os personagens principais. Centralizar sua história na realidade melhorará sua escrita, dará um sentido de perspectiva e o colocará acima dos filmes ruins deste gênero.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível