Gás etileno amadurece frutas com sacos de papel e de plástico

Escrito por chelsea oliver | Traduzido por elia regina previato
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Gás etileno amadurece frutas com sacos de papel e de plástico
Use sacos de papel em um experimento que demontra como o gás etileno amadurece frutas (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

Se seu filho estiver participando de uma feira de ciências e deve conduzir um experimento independente na aula, considere explorar o papel do gás etileno no amadurecimento de frutas. Esses experimentos são interessantes, engajando as crianças e envolvendo suprimentos simples, como sacos de papel e de plástico. Divertidos e educativos, os experimentos de amadurecimento de frutas com o gás etileno em diferentes embalagens são baratos e não requerem supervisão extensa.

Outras pessoas estão lendo

Suprimentos

Conduzir um experimento de amadurecimento de frutas com gás etileno requer muito pouco material. Além de um saco de papel marrom e um de plástico, como os que se usam em lojas de mantimentos, será necessário frutas frescas não amadurecidas e materiais para registrar as anotações do progresso do experimento. O site The Science Buddies sugere o uso de bananas verdes. O processo de amadurecimento de bananas é fácil de se reconhecer, uma vez que a fruta muda a cor de verde para amarelo e marrom.

Previsões

Se seu filho estiver em uma idade em que seja capaz de entender o processo científico, peça-lhe que crie hipóteses sobre o que acontecerá no experimento. Peça-lhe que preveja qual fruta amadurecerá mais rápido, a do saco de papel ou a do de plástico. Diga-lhe para levar em consideração o fato de que o amadurecimento de frutas produz gás etileno, o qual fica preso na embalagem da fruta. Enquanto o gás ajuda a fruta a amadurecer naturalmente, um excesso dele pode levar ao amadurecimento excessivo e ao apodrecimento da fruta.

Conduzindo o experimento

Depois que as hipóteses forem elaboradas, coloque uma peça da mesma fruta, como as bananas verdes, dentro dos sacos de plástico e de papel. Coloque os sacos no mesmo lugar (o site The Science Buddies desaconselha escolher uma área aquecida com excesso de luz solar). Comece um diário de fruta, mantendo um registro da coloração e do aroma das peças nos sacos, bem como qualquer outra mudança interessante. Conclua o experimento quando começar a perceber diferenças distintas entre as peças em ambas as embalagens. Determine se suas hipóteses estavam corretas, e se desejar, tire fotos da fruta amadurecida para incluir em seu projeto final.

Variações

O experimento pode ser conduzido de diversas maneiras. Para crianças mais avançadas, acrescente diferentes tipos de embalagem ao experimento, como diferentes redes ou recipientes, além dos sacos de plástico e de papel. Outra opção é experimentar com diferentes marcas e tamanhos de sacos de papel, ou usar sacos de ambos os materiais, com e sem furos. Tente conduzir variações desse experimento em diferentes cenários, explore como o gás etileno impacta o amadurecimento da fruta quando os sacos são colocados no refrigerador em relação a quando são colocados ao sol.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível