Instruções para unir quadrados de crochê

Escrito por katelyn kelley | Traduzido por carol matos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Instruções para unir quadrados de crochê
Existem vários métodos para unir quadrados de crochê (Steve Mason/Valueline/Getty Images)

Existem várias maneiras para unir quadrados de crochê entre si. Cada método dá à união um aspecto diferente. Alguns pontos de crochê são decorativos, sendo perfeitos para o lado direito do trabalho. Outros, tais como o ponto baixíssimo, são menos atrativos visualmente e se prestam mais para a parte de trás do trabalho. Unir quadrados de crochê é um meio comum de se fazer mantas, cachecóis e outras peças construídas a partir de múltiplos motivos geométricos.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Fios de acrílico que combinem com a peça
  • Agulha de crochê
  • Tesoura

Lista completaMinimizar

Instruções

    União com ponto baixíssimo

  1. 1

    Posicione os dois quadrados de tamanhos iguais, um ao lado do outro, para alinhar os pontos.

  2. 2

    Faça um nó corrediço e introduza a agulha no canto inferior do quadrado esquerdo, depois no canto inferior do quadrado direito.

  3. 3

    Dê uma laçada, puxe-a pelos pontos dos cantos e pela laçada na agulha para fazer um ponto baixíssimo.

  4. 4

    Vá para o próximo ponto na borda do quadrado esquerdo, introduza a agulha, depois introduza a agulha no ponto correspondente do quadrado direito e repita o passo três.

  5. 5

    Repita o passo quatro para o comprimento dos quadrados, trabalhando do canto inferior para o topo.

  6. 6

    Faça uma corrente, puxe uma longa laçada e corte o fio para arrematar, assim que você atingir o final dos quadrados.

    União com ponto baixo ou com ponto caranguejo

  1. 1

    Segure dois quadrados juntos. Posicione-os com os lados avessos se tocando, se você desejar uma costura visível pelo lado direito da peça, ou com os lados direitos juntos, se você desejar que a costura fique invisível.

  2. 2

    Faça um nó corrediço e introduza a agulha em qualquer ponto do quadrado direito, trabalhando por ambas as espessuras dos quadrados.

  3. 3

    Dê uma laçada, puxe-a pelos pontos do canto e pela laçada na agulha para unir com um ponto baixíssimo.

  4. 4

    Faça uma corrente, depois um ponto baixo no mesmo espaço.

  5. 5

    Faça um ponto baixo em cada ponto, ao longo da borda dos quadrados, pegando os dois quadrados ao mesmo tempo, e introduzindo a agulha nos pontos correspondentes de cada um deles.

  6. 6

    Comece pelo canto esquerdo e trabalhe de trás para frente, se você preferir o ponto caranguejo.

    União com correntinhas

  1. 1

    Posicione dois quadrados, um ao lado do outro, para alinhar os pontos de costura.

  2. 2

    Faça um nó corrediço e introduza a agulha no canto inferior do quadrado esquerdo.

  3. 3

    Dê uma laçada, puxe-a pelo ponto do canto e pela laçada na agulha para fazer a união.

  4. 4

    Faça três correntes, depois introduza a agulha no canto do quadrado direito, que está do outro lado do quadrado esquerdo.

  5. 5

    Repita o passo três.

  6. 6

    Faça três correntes, depois suba um ponto no quadrado esquerdo e faça a união.

  7. 7

    Faça três correntes, vá para o ponto correspondente no quadrado direito, e faça a união.

  8. 8

    Repita os passos seis e sete, trabalhando da parte inferior para a parte superior, e faça três correntes para unir entre os pontos correspondentes em cada quadrado. Finalize com uma união na parte superior direita do ponto do canto.

Dicas & Advertências

  • A união feita com pontos baixos também pode ser trabalhada da parte inferior para a parte superior com os quadrados posicionados lado-a-lado, com as bordas levemente sobrepostas. Introduza a agulha através das laçadas de trás correspondentes ao longo dos lados do quadrado para criar a união com pontos baixos.
  • A união com pontos baixíssimos cria uma costura ideal para o lado avesso da peça. Ela não fica visível pelo lado direito.
  • A união com pontos baixos convencionais, ou a sua forma reversa -- o ponto caranguejo -- cria uma saliência que pode ser usada para acentuar algum detalhe no lado direito da peça.
  • A união com correntinhas cria um zigue-zague entre os quadrados que fica visível dos dois lados da peça.
  • O ponto caranguejo é altamente decorativo e forma bordas arredondadas que seriam desperdiçadas ficando pelo lado avesso da peça.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível