Lições de piano passo-a-passo

Escrito por chad hagy | Traduzido por cassie cakes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Lições de piano passo-a-passo
Por proporcionar diversas possibilidades, o piano é um excelente instrumento para iniciação musical. (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

Tocar um instrumento musical é uma das melhores maneiras de expressar sua criatividade. Além disso, estudos demonstram que praticar um instrumento pode abrir sua mente e proporcionar uma afinidade com todos os gêneros musicais. O piano, por sua versatilidade, é um instrumento ideal para o aprendizado. Quando se sabe tocar o piano, pode-se impressionar amigos, familiares e mesmo desconhecidos. São diversas as possibilidades: tocar solos ou em vários grupos, acompanhar cantores e mesmo juntar-se a uma banda de jazz!

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

    .

  1. 1

    Aprenda o básico. Familiarize-se com o piano antes de começar a aprender a tocá-lo. Via de regra, pianos têm 88 teclas - 52 brancas e 36 pretas. Na parte inferior, há três pedais. À esquerda, um pedal para diminuir a intensidade das notas. No meio, o pedal de "estudo", que abafa as notas tocadas enquanto estiver pressionado. O último, à direita, e também o mais comumente utilizado, sustenta o som das teclas por mais tempo.

  2. 2

    Estude as notas do teclado. As teclas brancas do piano vão de um lado a outro e estão dispostas em ordem alfabética. É esta ordem: A, B, C, D, E, F, G e retorna ao A (respectivamente, Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá, Si, Dó), o que significa que a cada oito notas, retornamos ao início. As notas pretas ficam em grupos de duas ou três e podem ser sustenido (representado por #) ou bemol (♭), dependendo do tom da música. Começa na primeira nota preta, que pode ser A# ou B♭. A melhor maneira de determinar a nota que representa determinada tecla preta é simplesmente olhar as notas brancas a cada lado dela. Se forem um C e um D, por exemplo, é um C# ou um D♭.

  3. 3

    Saiba teoria e definições básicas. Antes de começar a tocar, familiarizar-se com a terminologia e noções teóricas vai ajudá-lo a compreender o piano. Você pode encontrar diversos livros de teoria musical iniciante em lojas de música ou na internet; eles o guiarão no processo. A compreensão da terminologia específica ajuda a adequar a música ao tempo, velocidade e harmonia corretos para que o som encontre as intenções do autor.

  4. 4

    Toque as escalas no teclado. Elas consistem numa nota base como C (Dó), e continuam em ascensão ou descensão, como em C, D, E, F, G, A, B, C. Independente da nota em que começar, as escalas sempre continuam da ordem: tom, tom, semitom, tom, tom, tom, semitom. Quer dizer que se você começar com C, a próxima nota será D, que é um tom acima de C porque há uma nota preta entre elas. Se quiser uma nota um semitom acima de C, deverá tocar um D♭, porque é a tecla imediatamente seguinte a C. Aprender as escalas é muito importante na prática do piano, pois elas proporcionam melhor compreensão da localização das notas, além de serem bons exercícios para os dedos.

  5. 5

    Pratique o máximo que puder. Para tornar-se melhor em algo, você precisará praticar. Com 30 minutos de exercícios por dia, não apenas você aprimorará suas habilidades ao piano, como também aprenderá uma boa dose de disciplina.

Dicas & Advertências

  • Para ir ainda além com o piano, busque um professor na internet ou jornal local.
  • Aprender a tocar piano leva tempo. Tenha paciência e pratique sempre que puder. Beethoven não chegou aonde chegou em um dia, e tampouco você chegará.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível