Maneiras de induzir o trabalho de parto em casa

Escrito por katie tonarely | Traduzido por meyrilene santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Ao se aproximar do fim da sua gravidez, você pode estar à procura de métodos naturais para induzir o parto. Embora nenhum método seja infalível, certos alimentos e suplementos podem ajudar a iniciar o trabalho de parto se seu corpo estiver pronto. Além disso, considere tentar outras coisas, como a relação sexual e a estimulação do mamilo para induzir o parto naturalmente em casa.

Outras pessoas estão lendo

Alimentos

Tente certos alimentos para ajudar a induzir o trabalho de parto em casa. A maioria afirma que a comida estimula o trabalho de parto; embora não seja garantido, não custa nada adicionar algumas dessas sugestões à sua dieta. Adicione abacaxi ou outra fruta tropical à sua dieta. O abacaxi contém enzimas que acredita-se que amadurecem o colo do útero e estimulam prostaglandinas. Junto com o abacaxi, você pode experimentar o alcaçuz, que também é utilizado para estimular prostaglandinas -- hormônios que amadurecem o colo do útero -- por causa da glicirrizina que é encontrada naturalmente no alcaçuz. Comer grandes quantidades de alcaçuz pode causar diarreia, o que também pode levar a contrações uterinas, se o corpo estiver pronto. O alcaçuz também pode ser encontrado em forma de comprimido (ver "Referência 1"). O mito de que a berinjela parmesão estimula o trabalho de parto, na verdade, pode ter origem nos ingredientes do prato. Acredita-se que o orégano e o manjericão sejam ervas que podem causar contrações, mas não se sabe o quanto precisa ser consumido. Tente adicionar essas ervas a pratos que você cozinhar (ver "Referência 2"). Você também deve ter ouvido falar que a comida picante pode ajudar a entrar em trabalho de parto, no entanto, o site Giving Birth Naturally informa que alguns alimentos picantes liberam capsaicinas, que podem ser contraproducentes durante o parto. As capsaicinas neutralizam o analgésico natural do corpo, as endorfina.

Suplementos

Junto com certos alimentos, os suplementos também podem ajudar a induzir o parto ou, pelo menos, preparar seu corpo para dar à luz. Um tônico uterino usado pelos índios americanos há milhares de anos, o chá de folhas de framboesa vermelha pode ajudar a tonificar o útero e concentrar as contrações de Braxton-Hicks. Em seu terceiro trimestre, considere beber pelo menos três xícaras de chá de folhas de framboesa vermelha por dia, e ainda mais para o fim de indução de trabalho natural. O óleo de oenothera também pode deixar o seu corpo pronto para o trabalho de parto. Apesar de ser uma excelente fonte de prostaglandinas, ele não fará nada que seu corpo não esteja pronto para fazer por conta própria. Às 36 semanas, insira duas cápsulas desse óleo em sua vagina diariamente ou massageie-o em seu períneo. Às 38 semanas, aumente para quatro cápsulas por dia. Faça isso antes de dormir, e a cápsula inteira se dissolverá enquanto você dorme (ver "Referência 2"). Um método que já foi popular, o óleo de rícino não é mais recomendado para a indução do parto natural. Ele pode causar cólicas diarreicas que poderiam levar a cólicas uterinas. No entanto, o excesso de diarreia antes do parto pode levar a desidratação durante o parto, causando mais dor (ver "Referência 2").

Outras coisas a serem tentadas

Juntamente com alimentos e suplementos, o sexo também pode ajudar a induzir o trabalho de parto. O sêmen contém prostaglandinas, que podem ajudar a amadurecer o colo do útero. Além disso, o orgasmo produz oxitocina, que é o hormônio que provoca contrações. A estimulação do mamilo também libera a ocitocina. Para a estimulação do mamilo ser eficaz, porém, você deve estimulá-los por longos períodos de tempo. A Maternity Corner recomenda 15 minutos por hora de estimulação contínua em cada mamilo por várias horas (veja a seção "Referências 2").

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível