Como usar miçanga no trançado japonês (kumihimo)

Escrito por umiko sasaki | Traduzido por ana paula muniz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como usar miçanga no trançado japonês (kumihimo)
O Kumihimo atualmente é usado em bijuterias, tanto para uso pessoal como para decoração (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

Originalmente usado como decoração religiosa em cerimônias Budistas, datando até o século VI, os japoneses começaram a utilizar tardiamente a arte do Kumihimo, ou trançado, para fazer adornos em roupas, armaduras ou artigos domésticos do cotidiano. Atualmente, ele é usado principalmente como decoração em bijuteria, incluindo o uso de miçangas decorativas entrelaçadas entre as fibras. Embora padrões Kumihimo pareçam complicados, com prática e paciência suficiente você será capaz de adicionar miçangas aos seus desenhos com facilidade.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Linha, de qualquer material
  • Miçanga, de qualquer tipo (iniciantes podem começar com sementes)
  • 8 bobinas vazias
  • Disco Kumihimo
  • Tesouras
  • Agulha de trançar (opcional)
  • Criador de miçanga giratório (opcional)

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Separe a sua linha em quatro fios de tamanho igual. Determine previamente qual deveria ser o comprimento da sua linha. Também depende do tamanho das miçangas que você usará, já que elas também ocupam espaço extra. Não há possibilidade de adicionar mais fio numa linha uma vez que tenha trançado, então meça o comprimento cuidadosamente. Se estiver inseguro, deixe as linhas longas, com pelo menos 90 centímetros ou mais; é melhor linha sobrando no final que não ter linha o bastante suficiente.

  2. 2

    Amarre as linhas e marque o centro com caneta. Você agora deverá ter oito "linhas" feitas a partir das pontas das quatro linhas originais.

  3. 3

    Enrole o fio ao redor de 8 bobinas. Deve ser feito por igual -- nem solto nem apertado demais, ou ficará desigual. Quando terminar devem sobrar 12 ou 15 centímetros de fio entre cada bobina. Monte essas linhas no disco Kumihimo, pressionando-as através da abertura central e separando-as em oito direções; dois fios devem correr pelos dois espaços de cima; dois embaixo, pelos espaços de baixo; dois para a esquerda e dois para a direita. Vire o disco.

  4. 4

    Trance o seu segmento. Você pode começar em qualquer lugar que queira, mas geralmente as pessoas começam de baixo para cima. Levante a linha da mão esquerda até a de baixo e insira no espaço diretamente à esquerda dos fios de cima. Então pegue o fio de cima da direita e traga até o espaço à direita do fio de baixo restante. Vire o disco no sentido anti-horário e repita.

  5. 5

    Adicione suas miçangas enquanto trança. Miçangas de semente são pequenas e leves, e uma boa escolha para projetos amadores. Você pode usar um tear de miçangas para te ajudar se as miçangas forem muito pequenas, mas normalmente você não precisará de um. Trance as linhas firmemente depois de adicionar uma miçanga, para a ajudar a mantê-la no lugar.

  6. 6

    Termine de trançar seu projeto, então corte as bobinas e puxe as pontas de cada linha para fora do disco Kumihimo. Alinhe-as por igual, e faça um único nó unindo tudo. Se quiser uma finalização mais extravagante ou tradicional, use uma linha separada para fazer um único nó em volta das outras linhas e corte para formar uma borla.

Dicas & Advertências

  • Você pode alternativamente adicionar as miçangas enquanto enrola as linhas na bobina, antes de começar a trançar, mas tenha certeza de que elas não vão escorregar ou você pode terminar com miçangas fora do lugar que queria. Adicionar um pequeno nó entre miçangas vai mantê-las no lugar, desde que você desamarre o nó quando for trançar a linha.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível