Níveis Tróficos Primários

Escrito por christine lehman | Traduzido por laísa nascimento
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Níveis Tróficos Primários
Os ecossistemas consistem de vários níveis tróficos primários. (MINOLTA DIGITAL CAMERA image by janaHB from Fotolia.com)

Teias e cadeias alimentares são formadas por vários níveis tróficos (que significa literalmente "nutrição"). Cada nível trófico (decompositor, produtor ou consumidor) desempenha um papel vital nos ecossistemas aos quais pertencem. Apesar dos organismos que compõem os níveis tróficos variam de um ecossistema para o outro, suas funções são similares.

Outras pessoas estão lendo

Produtores

Os produtores estão geralmente na base de toda cadeia alimentar, e são considerados um nível trófico baixo. Esses organismos são aqueles que possuem a habilidade de transformar a energia do sol em tecidos no processo de fotossíntese. Plantas e alas são produtores em ecossistemas terrestres e aquáticos e criam biomassa que alimentas outros organismos.

Consumidores primários

Os consumidores primários são esses organismos que se alimentam diretamente de plantas ou de matéria produzida por plantas. Dessa forma, os consumidores primários transferem a energia das plantas e a incorporam em seus tecidos. Os consumidores primários estão em um nível trófico baixo e são considerados herbívoros (o que significa literalmente "comedor de plantas").

Consumidores secundários e terciários

Consumidores secundários e terciários são os mais altos níveis tróficos primários em uma cadeia ou teia alimentar. Esses organismos são onívoros (se alimentam de plantas e animais) ou carnívoros (só se alimentam de animais). Esses consumidores se alimentam de tecidos de consumidores primários e os incorporam aos seus próprios tecidos.

Decompositores

Os decompositores representam outro nível trófico primário. Eles são membros desvalorizados em um ecossistema, principalmente porque eles não são vistos e são mal compreendidos. Contudo, os decompositores (que incluem fungos, bactérias e nemátodos, por exemplo) desempenham um papel vital no ciclo de nutrientes e energia. matéria morta de plantas e animais são quebradas em partes constitutivas pelos decompositores. Sem eles, não haveria decomposição; os organismos mortos e lixos de um ecossistema iriam se acumular ao invés de serem degradadas em pedaços pequenos o suficiente para serem incorporados em matéria de plantas e serem usados no ciclo outra vez.

Um exemplo simplista

Um exemplo de um ecossistema simplista é fácil de imaginar. Células de algas, através do processo de fotossíntese, transformam a energia do sol em biomassa, e são considerados produtores. Um consumidor primário (como um girino) ingere a biomassa da alga, transformando-a em sua própria biomassa. Outro organismo (como um peixe) age como consumidor secundário, ingerindo o consumidor primário e transformando sua biomassa em sua própria biomassa. Então, depois que o consumidor secundário morre, um decompositor (como um verme) come o tecido e seus produtos (que contém minerais e nutrientes) são disponibilizados para a alga utilizar. Outro nível trófico primário podia ser incluído no exemplo como um consumidor terciário (tal como um peixe predador).

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível