Como os pulmões regeneram depois que se para de fumar?

Escrito por adam tavangaran | Traduzido por igor leite
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como os pulmões regeneram depois que se para de fumar?
O cigarro é o maior inimigo dos seus pulmões (cigarretes image by Adkok from Fotolia.com)

Outras pessoas estão lendo

Riscos

Todos nós sabemos que fumar causa pressão alta, problemas cardíacos, manchas na pele e nos dentes e, mais ainda, danos severos aos pulmões. De fato, fumar é tão nocivo aos órgãos que os fumantes têm elevados riscos de desenvolver um câncer pulmonar fatal. Felizmente, mesmo em casos de fumantes de longa data, o tecido dos pulmões começa um processo de regeneração quando o cigarro é abandonado. Isso significa que, apesar de o fumante ser mais suscetível ao câncer pulmonar, ele pode reduzir drasticamente esse risco abandonando o tabagismo.

Como?

O fato é que o cigarro contém muitas substâncias nocivas, além de cancerígenas, e quando você as elimina do corpo, seu organismo é capaz de funcionar mais adequadamente e começa um processo de regeneração. É comprovado que as pessoas começam a sentir os benefícios à saúde quase que imediatamente após o último cigarro. Dentro de 20 minutos, a pressão sanguínea e a frequência cardíaca voltam ao normal, e dentro de 24 horas, as chances de sofrer um ataque cardíaco diminuem. Em nada mais que 72 horas, os brônquios começam a relaxar. Isso permite uma respiração mais fácil e aumenta a capacidade pulmonar.

O que mais?

O cigarro literalmente apodrece os pulmões, predispondo-os a infecções e ao câncer. Depois que você para de fumar e os cílios pulmonares começam a se regenerar, dentro de um a dez meses o muco nos seus pulmões aumentará de volume, limpando os pulmões. Esse aumento pode causar tosses em pessoas que pararam de fumar recentemente. Na verdade, muitos ex-fumantes recentes podem sentir que suas condições pulmonares estão piorando. Porém, toda essa tosse é, na verdade, um bom sinal. Afinal, as substâncias nocivas que se acumulam nos pulmões precisam ir para algum lugar.

Tem-se dito que, se o dano ocorrido nos pulmões dos fumantes fosse no lado externo do corpo, ninguém fumaria outro cigarro de novo. Isso provavelmente é verdade. A maioria dos fumantes simplesmente não visualiza os pulmões podres que estão carregando, e não tem a mínima ideia da dimensão do problema até começarem a tossir um muco negro. Felizmente, nossos corpos foram feitos para nos curar desse dano. A única coisa que temos que fazer para facilitar esse processo é eliminar a fumaça venenosa que vem dos cigarros.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível