Quais os impactos ambientais negativos do uso de painéis solares?

Escrito por teresa fort | Traduzido por jesse mourao
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais os impactos ambientais negativos do uso de painéis solares?
Os painéis solares podem ser mais "verdes" (Digital Vision./Digital Vision/Getty Images)

Acredita-se que grande parte das necessidades de energia do mundo poderia ser alcançada inteiramente pela energia solar. Independentemente dos efeitos negativos sobre o meio ambiente, painéis solares são considerados a melhor fonte de energia alternativa. Esse tipo de energia é, de longe, a melhor opção, comparada ao uso excessivo atual do carvão, pois ela não é poluente e gera pouco dano ambiental, quando está em operação - mas, essa opção não está totalmente isenta de problemas e preocupações.

Outras pessoas estão lendo

Motivo de preocupação

Os painéis solares são feitos principalmente de silício, que é um produto seguro e natural da Terra, sendo o segundo elemento mais abundante na crosta terrestre (depois do oxigênio). Ele não apresenta muito risco quando se trata de painéis solares, mas os componentes químicos combinados com o silício causam preocupação, pois a maior parte deles é altamente tóxica.

Substâncias tóxicas

Os "Centers for Disease Control and Prevention" (Centros de controle e prevenção de doenças) listam centenas de produtos químicos e advertências para os perigos destes vários elementos, juntamente com os sintomas que poderiam ocorrer com o contato com os mesmos. O "National Institute for Occupational Safety & Health" (Instituto nacional de segurança e saúde ocupacional) apoia estes resultados, relatando que os produtos químicos utilizados na fabricação de painéis solares têm o potencial de causar danos graves ao ambiente. A lista de produtos químicos perigosos e causadores de câncer utilizados na construção de painéis solares é extensa e alarmante.

Preocupações com a eliminação

O cliclo de vida e capacidades de reciclagem de painéis solares também são incertos e preocupantes. O "Silicon Valley Toxics Coalition", um grupo de vigilância sediado na Califórnia, tem levantado questões de consciência sobre os resíduos de painéis solares. A quantidade de equipamentos elétricos sendo eliminada diariamente está crescendo exponencialmente. Se nenhum plano bem desenvolvido para eliminação desses resíduos for colocado em prática, haverá consequências ambientais graves, incluindo a toxicidade, aterro e questões trabalhistas.

Quais os impactos ambientais negativos do uso de painéis solares?
Lixo eletrônico é uma preocupação crescente (Digital Vision/Digital Vision/Getty Images)

Energia e emissões

A fabricação de painéis solares em última análise requer uma quantidade imensa de energia - ironicamente, a partir da energia produzida pelo carvão. Mesmo com uma consciência cada vez maior e vontade para reduzir as emissões industriais, elementos contaminadores (principalmente mercúrio) são inevitavelmente liberados no ambiente durante o processo de fabricação de painéis solares. O mercúrio é uma substância tóxica, conhecida por prejudicar o funcionamento do cérebro humano. A queima do carvão também libera compostos orgânicos voláteis a uma taxa de mais de 30 mil toneladas por ano na produção de apenas uma fábrica de painéis solares. Esses compostos orgânicos são conhecidos por causar câncer.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível