Lazer e cultura

Quais são os perigos de se deixar a cabeça de um carrapato presa ao corpo de um gato?

Escrito por tina cisneros | Traduzido por jonatan franco
Quais são os perigos de se deixar a cabeça de um carrapato presa ao corpo de um gato?

Mantenha todos as vacina de seu gato em dia, assim como estratégias de prevenção contra pulgas e carrapatos

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

A remoção de um carrapato de seu gato é uma tarefa difícil. Os carrapatos são criaturas complicadas, e há vários equívocos comuns que as pessoas cometem ao removê-los. Nunca use fogo na tentativa de sufocá-los. Tudo que precisa é de uma pinça. Você deve tentar puxar o carrapato pela cabeça, mas é muito fácil puxar acidentalmente o corpo e acabar deixando a cabeça ainda presa. Esses parasitas podem ser perigosos para seus animais, por isso tente marcar uma consulta com seu veterinário.

Outras pessoas estão lendo

Informações preliminares

Os carrapatos não são insetos; eles são parte da ordem Acarina. Mosquitos e carrapatos são as maiores preocupações porque eles são capazes de transmitir doenças. Eles se alimentam de sangue e encontram suas presas através de sensores de calor. Eles prendem-se em sua presa através de pequenos dentes.

Riscos

Se a cabeça do carrapato ainda estiver presa ao seu gato, tente não se preocupar. O sistema imunológico do gato lutará contra o carrapato tratando-o como uma infecção. No entanto, o gato deverá desenvolver um abscesso. Não permita que os germes e bactérias do carrapato sejam espalhados no sistema imunológico do seu animal de estimação, o que aumentará o risco dele contrair uma doença. Por isso leve seu animal ao veterinário local o mais rápido possível. O profissional terá as ferramentas que podem ser usadas ​​para extrair a parte restante do carrapato.

Doenças

Quando estiver na clínica do veterinário, o gato pode ser examinado em busca de doenças normalmente transmitidas por carrapatos. É importante discutir futuros métodos preventivos. Algumas das doenças relacionadas como transmitidas por carrapatos: Babesia, Cytauxzoonosis e Mycoplasma.

Prevenção

A maioria dos produtos que são projetados para prevenção de pulgas também evita carrapatos. Certifique-se de ler atentamente os rótulos dos produtos e coleiras antipulgas. Nunca use um tratamento específico para cães em gatos; pois podem ser fatais para bichanos. Verifique a pele do animal com sua mão. Também verifique a pelagem, pois os carrapatos são grandes e bem visíveis, especialmente se os gatos possuírem uma pelagem cumprida. Preste atenção especial nos ouvidos, cabeça e patas.

Não deixe de ver

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media