Mais
×

Como remover fios de Kirschner do pulso

Atualizado em 13 agosto, 2017

As fraturas de pulso são normalmente tratadas com várias semanas de imobilização com gesso ou outros materiais. As mais graves exigem intervenção cirúrgica. O fio-K (fio de Kirschner), é um dispositivo médico com uma ponta em forma de broca em uma extremidade que é introduzido no tecido mole na direção do osso para estabilizá-lo durante a cicatrização. Esses fios são temporários e retirados normalmente após 3 a 4 semanas. Embora o procedimento de inserção exija que o paciente seja anestesiado, em geral, o processo de remoção é indolor, minimamente invasivo e realizado no consultório do médico.

Instruções

Os fios-k são usados para estabilizar temporariamente as fraturas (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)
  1. Posicione o paciente na posição sentada com o punho apoiado sobre uma superfície plana e firme. Coloque as luvas e limpe a pele ao redor do fio com iodo.

  2. Remova a tampa de proteção da extremidade do fio desrosqueando-a. Segure e alinhe o fio-K com a ranhura do alicate.

  3. Estabilize a mão do paciente e gire suavemente o fio para trás e para frente. Puxe em um ângulo reto à medida que você gira o fio até retirá-lo completamente.

  4. Dobre um pedaço de gaze, coloque sobre o local e prenda com esparadrapo. Instrua o paciente a manter o curativo por 24 horas. Após esse período, ele poderá lavar a área, secá-la bem e cobrir com uma bandagem adesiva até a completa cicatrização da ferida.

O que você precisa

  • Cotonete com iodo
  • Luvas
  • Alicate médicos
  • Gaze estéril
  • Esparadrapo
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article