Conhecimento

Como salvar um gato recém-nascido e prematuro sem a mãe

Escrito por erin ringwald | Traduzido por liana fernandes
Como salvar um gato recém-nascido e prematuro sem a mãe

Gatinhos prematuros precisam de cuidados especiais

kitten image by Natalia Kosyanenko from Fotolia.com

Se uma gata dá à luz antes de completar as nove semanas de gestação, os filhotes são considerados prematuros. Eles também podem ser considerados prematuros se nascerem com peso muito abaixo do normal. Assim como um bebê prematuro, um gatinho que nasce antes do tempo também precisa de muitos cuidados especiais para sobreviver. Embora possa ser difícil salvar um gato prematuro, especialmente se ele não tiver mais a mãe, é possível tomar certas precauções para que ele se desenvolva bem.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

O que você precisa?

  • Caixa para nidificação
  • Almofada térmica
  • Toalha
  • Seringa
  • Leite em pó para gatos
  • Mamadeira

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Prepare uma caixa para formar um ninho para o gatinho. A caixa deve ter espaço para que ele possa se movimentar, mas não deve ser muito grande. Você deve mantê-la em um local sem muita luz, barulho ou correntes de vento.

  2. 2

    Coloque uma almofada térmica embaixo de uma toalha. Coloque a toalha e a almofada embaixo da caixa para nidificação e deixe-a com calor reduzido. Isto ajudará a regular a temperatura corporal do seu gatinho. O ideal é que a temperatura do ninho fique entre 29º e 32º C. Certifique-se de que a almofada térmica não cubra todo o fundo da caixa. Embora o calor seja importante para evitar que o gatinho passe frio, calor demais pode fazer mal a ele. Deixar um espaço sem aquecimento permite ao animal escapar do calor se precisar.

  3. 3

    Alimente o gatinho a cada uma ou duas horas durante a primeira semana, usando uma seringa sem agulha. Compre leite em pó para gatos em sua loja veterinária. Misture o leite em pó segundo as instruções do pacote. Em seguida, adicione um pouco de água fervida e resfriada à mistura. A quantidade de água deve ser cerca de 1/4 do total da mistura do leite em pó. Isso dilui o leite para que o gatinho possa digeri-lo. Dê 2 ml dessa mistura diluída ao gatinho. Quando ele estiver com uma semana e meia de vida, você pode começar a diminuir a quantidade de água adicionada à fórmula. Quando tiver duas semanas, ele poderá tomar a mistura sem diluição. Quando ele ganhar forças, você pode trocar a seringa por uma mamadeira.

  4. 4

    Faça o gatinho arrotar. Assim como bebês recém-nascidos, gatinhos também podem ficar com gases após comer. Gentilmente, bata nas suas costas para aliviar o acúmulo de gás.

  5. 5

    Ajude o gatinho a evacuar. A maneira mais fácil e segura de fazer isso é deixar correr água morna (não quente) de uma torneira em um fio fino. Coloque o gatinho embaixo deste fio de água e cuidadosamente estimule seu traseiro com o dedo indicador. O gatinho deve evacuar uma vez a cada dois dias. Se isso não ocorrer, contate o veterinário.

  6. 6

    Faça contato físico com o gatinho periodicamente. Como ele não tem mais a mãe, você é a única influência materna que ele conhece. Acaricie-o gentilmente e fale suavemente com ele para tranquilizá-lo.

Dicas & Advertências

  • Mantenha seu veterinário informado sobre a saúde do gatinho ao longo desse processo. O veterinário poderá resolver dúvidas e preocupações específicas que você tiver.
  • Se seu gatinho está fraco demais para comer ou ainda não consegue engolir, consulte seu veterinário sobre a possibilidade de colocá-lo em uma sonda de alimentação.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media