Como separar partículas de ouro falsas de partículas verdadeiras

Escrito por chelsea fitzgerald | Traduzido por anderson gandor
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como separar partículas de ouro falsas de partículas verdadeiras
Um tacho de garimpeiro ajuda na separação do ouro verdadeiro do falso (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

A pirita, chamada de ouro dos bobos, possui um brilho metálico, faixas pretas ou cinzas e parece pesada para o seu tamanho, embora o ouro verdadeiro seja mais denso. Garimpar em busca de ouro e saber como separá-lo da pirita requer prática e habilidade ao se trabalhar com um tacho de garimpeiro. Eles estão disponíveis em lojas especializadas ou onde são vendidos detectores de metal.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Tacho de garimpeiro
  • Imã
  • Pequena jarra de vidro com tampa ou um recipiente decorativo transparente

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Drague para cima pedras, água e lodo para dentro do tacho.

  2. 2

    Movimente com força e velocidade a água ao redor do tacho. Isto fará com que o ouro se separe dos sedimentos.

  3. 3

    Observe as partículas de ouro verdadeiro e areia negra indo rapidamente para o fundo do tacho. As partículas que não afundarem rapidamente provavelmente são falsas.

  4. 4

    Derrame a água lamacenta e outros sedimentos que não afundaram rapidamente. Se estiver garimpando em um riacho, repita este passo por 10 vezes ou mais.

  5. 5

    Com as mãos, remova todas as pedras do tacho. Se estiverem cobertas de barro, limpe-as para evitar o descarte de alguma pedra de ouro.

  6. 6

    Incline o tacho para que todo o sedimento que estiver dentro fique a cerca de 2,5 cm da beirada. Sacuda continuamente o tacho para permitir que o ouro denso, pesado vá para o fundo. Faça isso com cuidado para que as partículas não saiam para fora do tacho. O ouro afundará para a parte mais profunda.

  7. 7

    Incline o tacho para a frente para derramar o excesso de água e sedimentos flutuantes.

  8. 8

    Mova o tacho em sua direção e depois afaste, para remover a areia mais fina, sujeira e outras partículas.

  9. 9

    Repita este procedimento adicionando água. Movimentar o tacho de um lado a outro, e então para a frente e para trás ajuda a separar a camada superior de detritos, deixando o ouro depositado no fundo.

  10. 10

    Cubra o cascalho e a sujeira restantes com aproximadamente 2,5 cm de água.

  11. 11

    Faça movimentos circulares com o tacho até que o sedimento esteja no fundo e próximo a você.

  12. 12

    Remova as pepitas de ouro do fundo da panela.

  13. 13

    Observe o formato da pepita. O ouro verdadeiro não possui ângulos e a pirita se parece com cristal.

  14. 14

    Sacuda novamente o tacho para frente e para trás para remover o sedimento, até que não reste nada a não ser pepitas de ouro e lascas.

  15. 15

    Com pinças, retire as partículas e tente quebrá-las. O ouro verdadeiro é maleável, ao contrário da pirita, que é frágil e se despedaça com facilidade.

  16. 16

    Teste as partículas e lascas de ouro com um imã. Se for ouro de verdade, não será atraído, ao contrário da pirita.

  17. 17

    Remova a pirita do imã e descarte-a.

Dicas & Advertências

  • Coloque a pirita em uma pequena jarra de vidro com tampa ou em outro recipiente decorativo e guarde como lembrança.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível