Sinais e sintomas de baixa contagem de monócitos

Escrito por colette larson | Traduzido por kelly isayama
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sinais e sintomas de baixa contagem de monócitos
(Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Monócitos são um tipo de células sanguíneas brancas, produzidas pela medula óssea. O papel específico desses componentes é destruir organismos infecciosos que invadem o corpo e também eliminar células cancerosas.Tipicamente, eles circulam através da rede sanguínea por um período de um a três dias, antes de serem distribuídos para os tecidos do baço, pulmão, fígado e medula óssea, onde amadurecem para a forma de células primárias do sistema imune. Monocitopenia é o termo médico associado com uma baixa contagem de células do tipo monócito no sangue.

Outras pessoas estão lendo

Sintomas

A baixa contagem de monócitos geralmente não causa sintomas específicos. É mais provável que os sinais de algum tipo de infecção sejam notados por alguém que sofre de monocitopenia. Os sintomas da infecção irão, então, levar a uma consulta médica. Sinais frequentes desses tipos de infecção incluem sintomas parecidos com o da gripe, tosse, dor de garganta, calafrios, febre e micção frequente.

Causas

Os monócitos são produzidos na medula óssea. Portanto, qualquer problema ou substância química que afete a função medular pode, potencialmente, causar uma baixa contagem de monócitos. Exemplos de distúrbios que impactam a medula óssea incluem HIV, anemia aplástica, tuberculose, malária, vírus Epstein-Barr, artrite reumatoide e lúpus. Medicamentos que podem suprimir a função medular incluem interferons admnistrados oralmente, quimioterapia, terapia com radiação, ou corticosteroides. Deficiēnciad de vitamina B12 e folato também podem causar uma baixa contagem de monócitos no sangue.

Diagnóstico

Uma baixa contagem de monócitos sanguíneos é baseada nos resultados de uma contagem completa de uma amostra retirada da veia do paciente. Uma biópsia de medula óssea também pode ser pedida, na tentativa de diagnosticar a causa da condição.

Importância

Uma contagem baixa de monócitos aumenta a vulnerabilidade à infecções. O grau de risco aumentado depende da severidade e causa da monocitopenia, bem como a condição médica geral do paciente. Os tipos mais comuns de infecções resultantes da monocitopenia são causados por bactérias que normalmente residem na pele ou por aquelas que existem no trato gastrointestinal e urinário.

Tratamento

O tratamento para essa doença varia dependendo da severidade, causa subjacente e a existência de infecções secundárias associadas ou sintomas. A saúde geral do paciente também é um fator determinante. Os tratamentos geralmente incluem antibióticos ou medicamentos antifúngicos para combater infecções; administração de fator de crescimento de células brancas para, aumentar a produção de glóbulos brancos; imunoglobulina intravenosa; ou terapia com corticosteróides.

Mudanças de estilo de vida

Enquanto se passa por um tratamento médico, é importante seguir uma dieta balanceada e nutritiva, além de tomar precauções para prevenir que a infecção se espalhe. Lavar as mãos com sabão e muita água é essencial, já que as mãos são um meio primário para propagar infecções. Evite multidões, para eliminar o risco de exposição a doenças. Use luvas e máscaras sempre que possível.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível