Como fazer um sino dos ventos de cobre em escala pentatônica

Escrito por finn mccuhil | Traduzido por camila damm
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer um sino dos ventos de cobre em escala pentatônica
Todas as notas soam doces se o seu sino dos ventos está na escala pentatônica (wind chimes in a tree image by MichMac from Fotolia.com)

A escala pentatônica, de cinco notas, é uma escala comumente usada em uma variedade de estilos musicais, e as notas que a compõem produzem um som agradável independente da ordem em que são tocadas. Uma vez que sinos do vento tocam em uma ordem aleatória, o uso dessa escala é ideal. O tom de cada tubo é determinado por seu comprimento e grossura, e acertar no seu sino dos ventos exige tempo e paciência, mas você aproveitará o resultado por anos.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Tubo de cobre
  • Fita métrica
  • Cortador de tubo de cobre
  • Furadeira com broca de 3 mm
  • Lima redonda e fina
  • Uma moldura circular (onde vai pendurar os tubos)
  • Fio de náilon ou linha de pesca
  • Disco de madeira
  • Algo para captar o vento
  • Afinador de instrumento
  • Lixa

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Meça e corte seus tubos. Um tubo de 70 centímetros do tipo de tubulação que se usa para residências produzirá um som equivalente ao dó central em um piano. Para uma escala pentatônica maior começando pelo dó central, as notas devem ser dó, ré, mi, sol e lá. Os outros tubos devem ter os comprimentos: ré = 65 cm; mi = 61 cm; sol = 56 cm; lá = 53 cm.

  2. 2

    Faça um furo de 3 mm em cada tubo no nó de baixo. O nó é onde ocorre menos vibração. Ele fica localizado a 22,4% do comprimento do tubo de distância da parte de baixo. Para os tubos listados no passo anterior, os nós ficam em: dó = 15 cm; ré = 14,5 cm; mi = 13,5 cm; sol = 12,5 cm; lá = 12 cm.

  3. 3

    Remova qualquer borda áspera ou ríspida do furo pelo lado de dentro do tubo com a sua lima fina.

  4. 4

    Pendure os tubos à moldura circular com o fio de náilon ou a linha de pesca, deixando espaços iguais entre eles.

  5. 5

    Faça um furo no centro do disco de madeira, passando por ele um pedaço do fio de náilon ou linha e prendendo a parte de cima da linha ao centro da moldura.

  6. 6

    Ajuste a altura do disco para ficar o mais perto possível da parte de baixo dos tubos. Faça um nó debaixo do disco para segurá-lo no lugar e amarre o seu captador de vento embaixo do disco. Ele deve ficar pelo menos 15 centímetros abaixo do tubo mais comprido.

  7. 7

    Ajuste o tom dos seus tubos batendo neles, um por vez, e compare o tom com o afinador. Lixe ou corte um pouco da parte de baixo do tubo para elevar o tom.

Dicas & Advertências

  • Você só poderá tornar o tom do tubo mais agudo do que já é. Se atingir o tom perfeito é importante para você, corte os tubos 1,5 cm mais compridos que as medidas dadas e vá cortando e lixando até chegar ao tom certo.
  • Você pode fazer um captador de vento com praticamente qualquer material — um CD não mais usado é um exemplo fácil e rápido.
  • Você pode fazer um sino dos ventos em qualquer escala. Os intervalos para uma escala maior são, contando a partir da nota em que quer a escala: 2-2-3-2-3. Os intervalos para uma escala menor são: 3-2-2-3-2. Os intervalos são espaços na escala cromática.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível