×
Loading ...

Sintomas e tratamento de ansiedade em cães

Atualizado em 20 julho, 2017

Identificar os sintomas de ansiedade em um cão pode ser difícil. Alguns comportamentos que parecem ser ansiedade, em vez disso, podem ser relacionados à outras questões situacionais. Assim, outras ações como comportamento destrutivos podem parecer vingança, mas são na verdade devido à ansiedade. Depois de observar atentamente e fazer uma consulta com o veterinário, vários tratamentos estão disponíveis dependendo da gravidade e das particularidades da ansiedade canina.

A ansiedade pode ser um problema sério para cães (labrador dog image by muro from Fotolia.com)

Medos comuns

O medo que normalmente afeta cães podem levar ao comportamento ansioso. Dentro de casa, alguns têm medo de chão escorregadio, máquinas de lavar louça, aspirador de pó, secadores de cabelo e outros utensílios domésticos. Alguns em particular também mostram sinais de ficar assustados durante tempestades. Fora de casa, tráfico ruidoso, estranhos, outros cães, cortadores de grama e carrinhos de bagagem podem causar reações de medo. Finalmente, muitos exibem algum grau de temor durante a separação de casa ou da família.

Loading...

Sintomas de ansiedade

Um cão pode mostrar sintomas de ansiedade em vários graus, dependendo dele e da situação ou contexto. Sintomas que os donos podem observar diretamente incluem excesso de lambedura, vocalização (latidos), modo de andar ou quando ficam se escondendo. Se você suspeita que o seu cão tem ansiedade de separação, pode ser difícil de observar o comportamento após a separação, mas urinar e defecar pela casa (após adestramento), assim como comportamento destrutivo, serão sinais óbvios de ansiedade visíveis quando você retornar.

Determinando se os comportamentos são relacionados à ansiedade

Considere o contexto em que o comportamento ansioso está acontecendo. A respiração ofegante pode ser um sinal de ansiedade, mas cães também se refrescam assim. Do mesmo modo, a destruição de móveis ou artigos da casa podem ser sinais de ansiedade por separação, mas eles também exibem esse comportamento devido à falta de exercício. Observe e avalie o comportamento dele em um momento calmo e livre de medos. Isso irá ajudar a estabelecer um patamar para qual é o comportamento normal de seu cão e você poderá fazer a comparação com outros momentos.

Tratamento comportamental

Se você identificar a origem do medo, o condicionamento do cão é um tratamento de comportamento aconselhável. De acordo com a treinadora de cães e escritora Kathy Diamond Davis, introduzir o objeto ou a situação que está causando a ansiedade em intensidade baixa com curta duração pode ajudá-lo a superar o medo. Escolha uma recompensa especialmente atraente, como a guloseima favorita ou certos jogos. Comece reintroduzindo o objeto temido em uma intensidade que o cão irá continuar a aceitar recompensas (em estado de pânico, a maioria dos cães as ignoram). Gradualmente aumente a intensidade, duração e proximidade até que ele esteja calmo e feliz em volta do objeto que causa o temor. Dê recompensas pelo comportamento confiante e seja paciente.

Tratamento médico

Um cão que apresenta comportamento ansioso deve fazer um checkup com o veterinário para excluir quaisquer problemas físicos que possam estar causando-o. Se o veterinário diagnosticar a ansiedade, existem dois tipos principais de drogas disponíveis: medicação psicotrópica ou ferormônios. Quando um tratamento médico é prescrito, os donos devem também começar com terapia para mudar o comportamento. Isso deve incluir mudança de ambiente do cão, treino de condicionamento e outros treinamentos práticos, como saídas "falsas" para os com ansiedade de separação.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...