Técnicas alternativas de gravação em vidro

Escrito por michael roberts | Traduzido por sara cavenaghi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Técnicas alternativas de gravação em vidro
Gravuras em vidro podem ser criadas usando outros métodos além da corrosão ácida (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

A gravação ácida utiliza um processo químico para criar uma imagem em pedra ou em vidro. O ácido pode ser comprado em forma de creme na maioria das lojas de artesanato e pode ser aplicado com estênceis para criar a imagem desejada. O processo é um método relativamente fácil para iniciantes concluírem seus projetos de gravura. No entanto, existem desvantagens no processo de decoupagem ácida. Ele não pode produzir uma imagem tão brilhante como outros métodos e a corrosão pode ser inconsistente ou entremeada.

Outras pessoas estão lendo

Gravação a laser

A gravação a laser é um método excelente para colocar imagens em vidro, pedra ou metal, usando uma máquina de laser de alta potência guiada por arquivos de computador. A gravação a laser fornece a imagem mais precisa, mesmo foto-realista, em praticamente qualquer material. Você pode usar quase qualquer imagem do computador como um guia para a gravura. A gravação requer acesso à máquina de gravação a laser, o que pode ser difícil ou caro conseguir.

Jateamento de areia

Jateamento de areia é um método de gravação que utiliza rajadas de areia erosiva para criar imagens em vidro e granito. Como a gravação a laser, o jato de areia requer máquina própria. Estênceis são aplicados ao material a ser gravado e a areia é disparada através dessas matrizes. O jateamento de areia obtém um produto final mais claro do que a gravação ácida, mas não é tão preciso como a gravação a laser. Como o jateamento permite ao usuário controlar o fluxo de areia, ele oferece mais controle sobre a profundidade da corrosão do que a gravação a laser.

Arranhar

Uma maneira muito mais primitiva para gravar em materiais é a arranhar a imagem com um material mais duro. Não é uma maneira comum de criar gravações profissionais repetíveis, mas ela pode ser usada para gravação simples. Arranhar o vidro é uma forma bem conhecida de graffiti, chamado "scratchiti". Alguns artistas de "scratchiti" desenvolvem estilos elaborados que alguns argumentam serem muito bonitos, embora sejam considerados vandalismo. Os artistas usam chaves, pedras e penas especiais para deixar a sua marca no vidro.

Gravadores elétricos manuais

Gravar à mão pode ser feito com qualquer uma de uma série de ferramentas de gravação alimentadas eletricamente. Essas incluem ferramentas Dremel, que giram pequenas lâminas abrasivas que podem cortar em pedra ou vidro, ou, ainda, canetas oscilantes, alimentadas por pequenos compressores de ar elétricos, que podem ser usadas ​​para vidro ou metal. A gravação elétrica à mão é uma forma de arte em si, com muitos artistas talentosos, capazes de gerar resultados mais elaborados e bem desenhados do que com a gravação a laser.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível