Técnicas de dobramento de arame para escultura

Escrito por f.r.r. mallory | Traduzido por william texeira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Técnicas de dobramento de arame para escultura
Uma escultura de arame pode ser reconhecível e funcional, bem como artística (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

Esculturas de arame dobrado são muitas vezes cinéticos ou concebidos para se deslocarem com uma brisa, água ou outro estímulo. O fio é dobrado em uma forma reconhecível que pode ser unidimensional, como se representasse a forma de um contorno, ou tridimensional, onde o arame assume a forma completa. O fio pode ser pintado ou tratado com componentes artísticos adicionais para fundi-lo com outras formas de arte. Para criar esculturas de arame são necessárias apenas algumas ferramentas e suas opções de design são infinitas.

Outras pessoas estão lendo

Tipos de arame

Qualquer arame pode ser dobrado para uma escultura, mas são preferidos alguns tipos devido às suas características. O fio de alumínio não oxida de forma visível e é fácil de dobrar. Já o fio de aço é fácil de encontrar nas lojas, mas alguns tipos enferrujam extensivamente. O fio de cobre não é difícil de encontrar e se oxida uma cor verde interessante. O cobre é difícil de dobrar de forma acentuada e pode quebrar. Fio de telefone com isolamento colorido permite criar esculturas coloridas menores. Outros fios podem também ser usados. Se você puder dobrá-lo e moldá-lo, você pode usá-lo para a escultura.

Ferramentas

Ferramentas utilizadas na escultura de arame incluem proteção para os olhos, cortadores de fio, alicates, martelos, bigornas, tornos, tochas e gabaritos. Todos os tipos de gabaritos são utilizados para replicar as formas. Um gabarito é uma ferramenta na qual você pode dobrar o fio ao seu redor para fazer uma forma específica. Gabaritos para esculturas são vendidos para ajudar o artista fazer curvas, cantos, ângulos e mudanças de direção. As ferramentas mais importantes são as proteções para os olhos e para as mãos, devido ao movimento das pontas afiadas dos fios.

Design

Alguns artistas começam a trabalhar o fio sem qualquer ideia do que eles querem esculpir. Eles brincam com o fio até que ele comece a tomar forma. Outros artistas desenham seu projeto e o executam de uma forma muito simples. Muitas vezes isto vai produzir uma escultura que também é funcional. Muitas esculturas complexas são também soldadas para ligar as seções dos fios. Pedaços maiores podem também envolver diferentes tipos de metais trabalhados com arame para estender os limites da forma de fio.

Calibre

A espessura ou a flexibilidade do fio é o fator mais importante na dobra do fio. Se o fio for muito espesso ou duro, você vai precisar usar um torno para segurá-lo enquanto aplica muita força na área que você deseja dobrar. Fios mais flexíveis respondem bem à força da mão, alicate e gabaritos. É uma boa ideia escolher um fio com base em quão facilmente você pode dobrá-lo. Isso reduz a quantidade de ferramentas que você precisa para alcançar as curvas que você deseja. Para as pequenas obras, um conjunto de alicates de joalheiro lhe permitirá criar quase qualquer forma.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível