Tipos de camas hospitalares

Escrito por janin santa | Traduzido por luiz afonso de oliveira moura santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tipos de camas hospitalares
Há vários tipos de camas de hospital (empty exam room image by Pix by Marti from Fotolia.com)

Existem muitos tipos diferentes de camas usadas em um hospital. Aquelas que você vê quando visita alguém, não são as únicas usados ​​em toda a instalação. Diferentes tipos de camas são usados ​​para diferentes tipos de situações e condições dos pacientes, e elas servem a propósitos diferentes de tratamentos.

Outras pessoas estão lendo

Cama Gatch

A cama Gatch tem uma longa história de uso em hospitais. Elas são mais frequentemente vistas em casas de repouso e áreas remotas ou mais velhas, que são economicamente desprovidas, já que utilizam estas camas por causa de sua falta de necessidade de energia elétrica. Elas têm três manivelas no pé da cama, abaixo do colchão. Uma manivela levanta e abaixa a cama toda, uma manivela levanta e abaixa a cabeça da cama e a última levanta e abaixa o pé da cama.

Cama elétrica

A cama de hospital básica moderna é uma cama elétrica. Elas são as camas mais frequentemente vistas em hospitais locais ou hospitais maiores. As opções de levantar e abaixar a cama são escolhidos através de botões que estão definidos nos trilhos laterais. Os próprios pacientes são capazes de definir a posição de suas camas, sem precisar que os enfermeiros ou técnicos em enfermagem o façam manualmente.

Macas

Os tipos de camas que você vê em uma sala de emergência de um hospital são macas. Estas camas são projetados para a mobilidade. No caso de uma pessoa chamar a emergência de um local, estas camas podem ser transferidas facilmente de uma casa para uma ambulância e para a sala de cirurgia ou para a unidade de pronto-socorro, graças às características especiais, tais como pernas dobráveis​​.

Camas baixas

Camas baixas são projetados especificamente para aqueles pacientes que são susceptíveis de cair da cama e sofrer ferimentos, apesar da contenção dos trilhos laterais. Camas baixas são definidas a partir de 20 cm a menos do chão, no nível mais alto. Alguns projetos têm configurações de altura, mas a maioria das camas ficam no nível do chão com apenas a opção de aumentar ou baixar a cabeça e os pés.

Camas de baixa perda de ar

Uma cama de baixa perda de ar é um tipo de cama que tem almofadas especiais e um sistema projetado para soprar ar em sacos dentro do colchão. Estas camas são concebidas para pacientes com queimaduras e pacientes com enxertos de pele, mantendo-os frescos e secos, para pacientes propensos a úlceras de pressão e para pacientes com problemas circulatórios ou problemas de pele, reduzindo a pressão sobre a pele.

Camas elétricas circulares

Uma cama elétrica circular permite que a cama gire dentro de barras circulares que parecem com uma esteira de hamster gigante. Estas camas são usadas para pacientes em tração, problemas de pele graves, pacientes que têm queimaduras graves ou para pacientes com lesões na coluna vertebral, que não podem ser movidos, mas devem ser movidos a cada duas horas de acordo com as diretrizes do hospital.

Camas clinitron

Uma cama clinitron é similar às camas de baixa perda de ar e às elétricas circulares, sendo usada para pacientes com úlceras de pressão, abas, enxertos, queimaduras ou doenças de pele. Ela reduz a pressão sobre a pele do paciente, porque ela está cheia com o material que se assemelha à areia. Ar seco e quente circula através do material para manter uma temperatura basal e para suportar o peso do corpo de forma homogênea.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível