Tipos de motores elétricos em carros híbridos

Escrito por david eiranova | Traduzido por felipe michels walter
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tipos de motores elétricos em carros híbridos
Híbridos podem ajudar a manter a beleza da natureza (Image by Flickr.com, courtesy of Powi) (Per Ola Wiberg)

Carros híbridos representam a primeira onda de melhorias na tecnologia de transportes popularmente aceita, visando um futuro mais "verde". É graças à tecnologia avançada dos motores elétricos que as características amigáveis ao consumidor estão disponíveis a preços aceitáveis. Híbridos possuem tanto um motor de combustão interna quanto um elétrico, combinando com sucesso seus dois desenhos para alcançar uma alta quilometragem na cidade, aproximando-se de 21 km/litro e também uma ótima quilometragem para as rodovias.

Outras pessoas estão lendo

Fatos

Motores elétricos são desenhados para converter energia elétrica em energia de movimento, além do aproveitamento do recurso elétrico para tarefas mecânicas. Existem dois tipos de motores elétricos — os que funcionam com DC (corrente direta) e os que funcionam com AC (corrente alternada). Ambos os tipos dependem do eletromagnetismo para criar campos eletromagnéticos que interagem com outro ímã para gerar movimento.

Tipos de motores elétricos

Híbridos geralmente possuem motores AC, dos quais existem três tipos — o de ímã permanente, o de indução de três fases e o de indução multifases (mais de três fases). Cada tipo possui vantagens e desvantagens. Por exemplo, o motor elétrico de ímã permanente é ideal para uma série de híbridos como o Prius, mas requer um sistema de refrigeração que aumenta o peso. Um motor elétrico de três fases pode ser refrigerado por ar, mas requer uma transmissão mais complexa. O recente desenvolvimento do motor multifases elétrico Chors Meshcon parece ter resolvido o problema principal que batia de frente com os motores elétricos utilizados em híbridos, especialmente sua incapacidade de oferecer operação a uma baixa velocidade com grande torque, enquanto mantém a capacidade de operação em alta velocidade e de maneira satisfatória.

Função

O motor elétrico em carros híbridos serve um propósito duplo; não só fornece torque para manejar as rodas, como também se torna um gerador e carrega a bateria quando o carro está freando. Híbridos usam motores elétricos em conjunto com um motor de combustão interna (MCI), que carrega a bateria e também é parte da transmissão do carro. Frequentemente, o carro híbrido retira a energia dos motores elétrico e MCI ao mesmo tempo e a energia é fornecida apenas pelo motor elétrico, o que resulta em uma viagem silenciosa.

Benefícios

O principal benefício vindo dos híbridos é a altíssima quilometragem. Devido ao MCI não funcionar o tempo todo e uma parte da energia gasta no movimento ser recapturada durante as freadas, híbridos possuem melhor quilometragem nas rodovias. Em alguns casos, aproximam-se de 21 km/litro em áreas urbanas.

Significância

Carros híbridos economizam dinheiro: mudar de um Mazda 3 para um Toyota Prius economiza R$ 932 por ano para motoristas que dirigem 19.200 km por ano a um custo de R$ 1,30 o litro, de acordo com a Calculadora de Impacto da Quilometragem da Gasolina no site hybridcars.com. Mais importante ainda, carros híbridos são bons para o meio ambiente. No exemplo acima, trocar para um híbrido diminui até 1.592 kg de emissão de CO2 anualmente. O dióxido de carbono é reconhecido como o gás do efeito estufa que contribui para as mudanças climáticas ocorridas no mundo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível