Como fazer um trança bizantina de cota de malha

Escrito por patricia h. reed | Traduzido por marina pastore
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer um trança bizantina de cota de malha
Técnicas usadas para cotas de malha podem ser adaptadas para criar joias (cote de maille médiévale image by olivier lhommais from Fotolia.com)

Cotas de malha são compostas de centenas de argolas redondas de metal (as argolas que conectam elementos de joalheria) ligadas em padrões intrincados que formam correntes volumosas, que chamam a atenção. Também conhecida como "Gaiola de Pássaros" ou "Dilema dos tolos", de acordo com a Maille Artisan's International League, a trança bizantina é uma unidade de anéis entrelaçados de 14 argolas que podem ser unidas para criar braceletes e colares ou usadas singularmente como brincos ou chaveiros. De acordo com a MAIL, uma trança é a menor unidade repetida em um tipo de malha, em que o padrão é o desenho como um todo ou a cota finalizada.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • 14 argolas de metal
  • 2 pares de alicates de ponta fina

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Segure uma argola perto de sua emenda com um par de alicates de ponta fina. Com o outro par, segure a argola próxima ao outro lado da emenda e puxe-a para que ela abra, enquanto segura a argola com o outro par de alicates. Esta é a maneira que você deve usar para abrir cada uma das argolas. Deixe duas delas sem abrir.

  2. 2

    Empilhe as duas argolas fechadas de modo que se alinhem perfeitamente. Insira-as dentro de duas argolas abertas. Feche as argolas abertas pressionando novamente a emenda com os alicates. Mova as duas argolas recém fechadas para um lado do primeiro par de argolas nunca abertas. Adicione mais duas ao lado oposto das argolas empilhadas e feche. Você agora terá duas argolas verticais, duas horizontais e mais duas verticais. Esta é a "corrente 2-2-2" de acordo com "A Collection of Chainmaille Weaves", por Michael F. Glaeser.

  3. 3

    Una novamente os últimos dois elos da corrente 2-2-2 (um de cada lado) de modo que eles formem um "V". Separe o par de argolas horizontais e deslize uma argola aberta entre elas e ao redor das duas argolas verticais na base do V, pressionando-o para que feche, usando o alicate. Adicione outra argola no topo desta última da mesma maneira. O V deve ficar seguro. As últimas duas argolas adicionadas são o primeiro par de uma nova 2-2-2.

  4. 4

    Ligue mais dois pares de anéis para completar a segunda corrente 2-2-2. Estas devem ser horizontais, verticais e, então, horizontais, com o V da última corrente no topo.

  5. 5

    Pregue as duas últimas argolas horizontais sobre as verticais, uma para cima e uma para baixo. As argolas verticais devem formar um V.

  6. 6

    Adicione mais duas argolas à ponta, entre os espaços abertos do último V. Elas devem ligar as pontas do último par de argolas pregadas. Sua trança bizantina está completa.

Dicas & Advertências

  • O último conjunto de argolas serve como o primeiro em uma nova corrente 2-2-2, se você quer continuar adicionando mais tranças para criar um bracelete ou colar.
  • Experimente diferentes metais ou cores de argolas para adicionar ainda mais estilo ao seu projeto de cota de malha.
  • Tranças podem ser combinadas de diferentes maneiras para criar variações bizantinas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível