Vacinas necessárias para viajar para a Nigéria

Escrito por ehow contributor | Traduzido por andressa v. da nobrega
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Vacinas necessárias para viajar para a Nigéria
Muitas vacinas são necessárias para uma viagem à Nigéria (Creatas Images/Creatas/Getty Images)

A diversidade da Nigéria é ao mesmo tempo a benção e a maldição do país. Com mais de 250 grupos culturais diferentes, a Nigéria é colorida e inflamável. Localizada no oeste da África, o país é o mais populoso do continente africano. Viajantes são aconselhados a evitar a região do delta do rio Níger; violência e instabilidade política são outros problemas. É aconselhável também estar informado sobre os perigos de viajar para o país, acompanhando o noticiário. Para viajar para a Nigéria, siga os seguintes passos para tomar as vacinas necessárias.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Confira se todas as suas vacinas de rotina, como para o vírus da influenza (gripe), poliomielite, difteria/coqueluche/tétano (Tríplice bacteriana), catapora (também conhecida por varicela) e sarampo/caxumba/rubéola (Tríplice viral), estão atualizadas. A poliomielite ainda é endêmica na Nigéria. Um médico clínico-geral pode atualizar essas vacinas, mas apresse-se: vacinas podem requerer entre quatro e seis semanas para se tornar eficazes.

  2. 2

    Tome vacinas para a hepatite A e B, pólio, raiva e febre tifóide, de acordo com a prescrição médica. Essas são vacinas recomendadas pelo Centro Norte-americano para Controle de Doenças (CDC), que possui uma lista de todas as vacinas obrigatórias e recomendadas para a Nigéria em seu site.

  3. 3

    Converse com seu médico sobre a possibilidade de tomar uma vacina meningocócica. Essa vacina contra a meningite é recomendada pelo CDC para viajantes para a Nigéria durante a estação seca no país, que acontece entre dezembro e junho. As regiões oeste e norte da Nigéria ficam no "Cinto da Meningite", onde o risco de contrair a doença é maior.

  4. 4

    Considere tomar uma vacina contra a febre amarela. Como todos os seus vizinhos, a Nigéria fica na zona da febre amarela; viajantes têm muito risco de contrair essa doença. A Nigéria exige um Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP) para a febre amarela de todos os viajantes que chegam ao país vindos de uma das nações em que a febre amarela está presente. Consulte-se com um médico para saber onde tomar a vacina em sua região.

  5. 5

    Comece a tomar medicamentos contra a malária antes de sua chegada na Nigéria. Todas as regiões do País são áreas de risco para a doença. O CDC recomenda tomar atovaquone/proguanil, doxiciclina ou mefloquina para prevenir a malária em viagens para a Nigéria. Fale com um médico em relação à prevenção da malária e siga as instruções. Medicamentos anti-malária precisam continuar a ser tomados mesmo depois de sair de uma região em que há risco de contaminação.

  6. 6

    Previna-se contra picadas de insetos. Várias doenças na Nigéria são transmitidas por insetos. Para minimizar os riscos, use roupas protetoras, tais como chapéu, blusas de manga comprida e calças; durma com mosquiteiro, use repelente e permaneça dentro de casa durante as horas de pico (nascer do sol e entardecer).

Dicas & Advertências

  • Peça a um médico recomendações ou medicações, incluindo remédios que não necessitem de prescrição, e que podem ser úteis durante uma viagem à Nigéria. Obtenha o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP) para a febre amarela dez dias antes da chegada à Nigéria. O Certificado é válido por dez anos.
  • Sempre comunique a seu médico se você estiver com baixa imunidade, grávida ou amamentando, já que estas condições podem alterar os procedimentos de vacinação. Esteja consciente das preocupações relativas à saúde. Visite sites de jornais e revistas com frequência para se manter informado sobre o que está acontecendo na Nigéria.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível