Vantagens e desvantagens dos desinfetantes

Escrito por contributing writer | Traduzido por ricardo torres iupi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Vantagens e desvantagens dos desinfetantes
Saiba mais sobre as vantagens e os perigos que os desinfetantes oferecem (Jupiterimages/liquidlibrary/Getty Images)

Os desinfetantes são produtos químicos importantes utilizados para uma variedade de finalidades. Dentro das casas, eles são utilizados para matar os micro-organismos que podem crescer em locais como a cozinha ou o banheiro. Além disso, são amplamente utilizados dentro de consultórios médicos, hospitais, centros de saúde para fins de matar diferentes tipos de germes que podem causar todos os tipos de doenças. Tão importante quanto eles podem ser, eles possuem vantagens e desvantagens.

Outras pessoas estão lendo

Vantagens

Uma das vantagens mais importantes oferecidas pelos desinfetantes é o controle de doenças. Eles podem matar germes e micro-organismos que não podem ser vistos a olho nu. Por exemplo, os tipos de desinfetantes fenólicos são muito bons para matar bactérias. Eles são classificados como de uso geral, e podem matar matéria orgânica e outros organismos, incluindo micobactérias. Exemplos de compostos fenólicos incluem 2-benzil-4-clorofenol, amilfenol e fenilfenol.

Economia

Os desinfetantes são em grande parte baratos. Eles são amplamente disponíveis. Alguns dos tipos mais baratos de desinfetantes incluem os halógenos. Eles são também muito eficazes para matar e controlar vírus. Além da desinfecção de equipamentos; equipamentos médicos particularmente contaminados com sangue, que possam conter o vírus da HIV, da hepatite ou outras doenças, por exemplo. Os alvejantes, com o seu potencial de branqueamento, são utilizados na lavagem de roupas contra contaminação por bactérias e germes. Exemplos de halógenos são os desinfetantes de hipoclorito e água sanitária comuns.

Tratamento de feridas de pele

O álcool é um outro grupo de desinfetantes utilizados no tratamento de feridas da pele e contra infecções bacterianas. Eles são usados ​​para limpar feridas no corpo, em conjunto com água para maximizar a sua eficácia. Alguns exemplos comuns de álcool são o isopropílico e o etílico. O Isopropanol é outro exemplo, utilizado para a desinfecção da pele.

Desvantagens

Os desinfetantes contém resíduos perigosos, como os compostos halogenados. A maioria dos desinfetantes contém uma quantidade que excede o valor de segurança ambiental de 0,01 por cento de compostos halogenados. Isso torna difícil descartar os desinfetantes no lixo comum. Na verdade, alguns são considerados não apenas perigosos, mas também tóxicos. O amilfenol é um exemplo de um desinfetante tóxico e prejudicial.

Substâncias irritantes

Alguns desinfetantes são irritantes e podem ser prejudiciais para os seres humanos, particularmente em concentrações fortes. Alguns são utilizados para matar as bactérias e outros microrganismos de cultura, sendo que uns são nocivos para os seres humanos. Há uma controvérsia sobre o uso de alguns desinfetantes nas plantações. O glutaraldeído é usado para matar micro-organismos em culturas e vegetais. Concentrações mais fortes podem ser prejudiciais para os humanos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível