Causas das dores de dente ao caminhar

••• Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

A dor de dente está frequentemente presente na forma de um latejar constante ou uma dor incômoda. Existem muitas causas para essas dores e nem todas estão relacionadas com problemas odontológicos. Se estiver experienciando dores de dente enquanto caminha, a causa subjacente pode ser uma infecção na boca ou no canal auditivo, ou ainda uma sinusite.

Causas comuns de dores de dente

A dor de dente geralmente é provocada pela cárie dentária, que afeta tanto crianças quanto adultos. As bactérias sempre estão presentes na boca, e proliferam a partir dos amidos e açúcares dos alimentos ingeridos. Esse acúmulo de bactérias forma uma substância adesiva conhecida como placa, que reveste a superfície dos dentes. Esses micro-organismos produzem ácidos, que apresentam o potencial de corroer o esmalte dos dentes. Quando isso ocorre, uma cavidade se forma. Elas podem provocar dores agudas dependendo da temperatura e o tipo do alimento, além de dores generalizadas e um latejar constante.

Dentes sisos impactados

Igor Mojzes/iStock/Getty Images

Os dentes sisos são os últimos dentes a se desenvolverem e, frequentemente, permanecem sob as gengivas por grande parte do tempo. Se eles permanecerem impactados, ou até mesmo parcialmente impactados, há um potencial risco de infecção se o alimento ficar preso entre o siso e a gengiva. Essa infecção pode provocar a inflamação das gengivas e a dor pode se estender para os demais dentes, para o osso do maxilar, as orelhas ou até mesmo a garganta. Esse tipo de dor pode ser agravado ao caminhar ou quando realizar movimentos bruscos, os quais seriam parcialmente responsáveis pela dor.

Sinusite

Pixland/Pixland/Getty Images

A sinusite é um termo técnico para a infecção do sinus, que afetam os seios nasais localizados acima dos molares superiores. Pelo fato das raízes dos molares poderem se estender até a cavidade do sinus, esses dentes também podem latejar e doer caso a cavidade esteja inflamada. Uma dor de dente provocada por uma infecção da cavidade do sinus é o diagnóstico oficial para dores de dentes associadas com a presença da sinusite.

Os sintomas mais comuns são a obstrução e congestão nasal, secreção grossa amarelada ou esverdeada que escorre pelo nariz, redução das sensações de olfato e paladar, sensação de pressão e dor no entorno dos olhos, narizes, bochechas, testa, maxilar superior e dos dentes. A pressão na cabeça e nos seios da face podem ser agravadas ao andar ou ao realizar movimentos bruscos, gerando ou aumentando a dor de dente.

Se suspeitar de que a dor de dente está sendo provocada pela sinusite, consulte o médico para discutir as opções de tratamento. Na maioria dos casos, a dor irá desaparecer quando a infecção no sinus for tratada e solucionada. Se não for, faça uma visita ao dentista. Ele pode verificar outras causas potenciais.

Infecção de ouvido

Simone van den Berg/iStock/Getty Images

As infecções de ouvido, também conhecidas como dores de ouvido, provocam inchaço, sensibilidade e dores no canal auditivo e no maxilar, além de desencadear dores de dente devido à proximidade do canal à arcada dentária. Caminhar pode abalar o tímpano e o canal infectados, o que pode agravar os sintomas, incluindo a dor nos dentes. As infecções de ouvido podem ser tratadas com antibióticos. Livrar-se dessa infecção pode resolver a dor de dente associada.

Quando procurar um dentista

LuckyBusiness/iStock/Getty Images

Se a dor de dente não cessar depois de tratar os problemas relacionados, ou se piorar ainda mais, consulte um médico imediatamente. Essas dores podem ser sinais de problemas nos dentes, gengivas, nervos ou no próprio maxilar e, se deixados sem tratamento, podem agravar e causar diversas complicações.

Mais recentes

×