×
Loading ...

Como executar códigos Fortran F no Ubuntu

Enquanto que a maioria dos programadores usam linguagens como C, C++, Java ou Python, em pleno século 21, alguns desenvolvedores ainda acham útil serem capazes de trabalhar com linguagens mais antigas, como a Fortran. Essa linguagem é útil em programas que fazem uso intenso de matemática, como aqueles que fazem análises estatísticas. Entretanto, como é uma linguagem um pouco mais velha, a maioria das distribuições Linux, como o Ubuntu, não possuem um compilador Foltran por padrão. Entretanto, é um processo simples instalar o compilador e deixar o código Foltran executável.

Instruções

O Foltran é muito útil para matemáticos e estatísticos (Comstock/Comstock/Getty Images)
  1. Clique no menu principal no canto superior esquerdo da sua tela e então clique na opção "Terminal" no submenu "Acessórios".

    Loading...
  2. Digite "sudo apt-get gfortran" na janela do terminal. Digite a sua senha administrativa quando o Ubuntu te pedir. Espere o computador terminar a instalação.

  3. Digite "cd MeuDiretorioFortran", sendo que "MeuDiretorioFortran" é o diretório no qual você salvou o código fonte do Fortran, no terminal. Por exemplo, se você salvou o código fonte no diretório " /home/user" então digite no terminal "cd /home/user".

  4. Digite "gfortran -o Meuprogramafortran Meucodigofontefortran.f" no terminal, sendo que "Meuprogramafortran" é o nome que você quer dar ao arquivo executável que esse comando irá criar e "Meucodigofontefortran.f" é o nome do arquivo do código fonte Fortran a partir do qual você está criando o programa. Por exemplo, se você tem um arquivo executável Fortran chamado "Codigofonte.f" e quer compilá-lo em um executável chamado "Programafortran", então você tem que digitar "gfortran -o Programafortran Codigofonte.f" no terminal. Você pode escolher qualquer nome que desejar para o arquivo executável que o comando irá criar.

  5. Digite "./Meuprogramafortran" para executar o programa. Alternativamente, você pode dar um clique duplo no ícone do programa no diretório em que você o compilou.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...