×
Loading ...

A importância da diversidade de espécies para um ecossistema

Atualizado em 19 julho, 2017

De acordo com a Enciclopédia da Terra, a diversidade de espécies é uma medida da riqueza e uniformidade das espécies de um ecossistema. Se um ecossistema tem pouca diversidade ele pode não funcionar de forma correta ou eficiente.

Um ecossistema de mangue (Palétuviers dans la mangrove image by JYF from Fotolia.com)

Riqueza de espécies

A riqueza de espécies é o número de espécies em um ecossistema. Ambientes podem suportar uma grande quantidade de espécies, alguns como áreas tropicais tendem a ter maior riqueza de indivíduos.

Loading...

Uniformidade de espécies

A Enciclopédia da Terra define a uniformidade das espécies como a "variação na abundância de indivíduos por espécie em uma comunidade". Se uma comunidade tem uma grande disparidade entre o número de indivíduos em cada espécie ela tem pouca uniformidade. Se o número de indivíduos em uma espécie é relativamente constante em toda a comunidade, ela tem uma grande uniformidade. Se a comunidade A tem 10 indivíduos divididos em duas espécies, mas a espécie 1 tem 9 indivíduos, enquanto a 2 tem apenas 1, então a comunidade A tem baixa uniformidade e menor diversidade das espécies. Se a comunidade B tem 10 indivíduos divididos em duas espécies, com uma espécie com 4 indivíduos e outra com 6, então a comunidade B tem alta uniformidade e diversidade das espécies. Quanto mais próximo o número de animais por espécie em um ecossistema, maior é a diversidade das espécies.

Eficiência do ecossistema

Um estudo da Universidade de Maryland sugere que o aumento da diversidade das espécies em um ecossistema faz com que tanto a sua eficiência, quanto produtividade aumentem. O estudo "o aumento da riqueza (das espécies)...de forma que o sucesso da alimentação dos indivíduos aumentou". Uma maior diversidade das espécies pode fazer os ecossistemas funcionarem de forma mais eficiente e produtiva por deixar mais recursos disponíveis para as espécies pertencentes a ele.

Espécies chave

Espécies chave têm um papel importante, mantendo tanto a diversidade, quanto a saúde de um ecossistema. Uma espécie chave é um organismo que ajuda a preservar a diversidade das espécies em um ecossistema, mantendo os números da outras espécies constantes. Por não deixar que uma espécie se torne dominante, uma espécie chave preserva a diversidade das espécies e a integridade do ecossistema. Um experimento feito em 1969 por Robert Paine mostrou que se uma espécie predadora da estrela do mar fosse retirada do ecossistema, era permitido a duas espécies de mexilhões dominar as demais espécies diminuindo sua diversidade.

Espécies invasoras

Uma espécie invasora é uma espécie de fora do ecossistema introduzida nele. O Centro de Espécies Invasoras e Saúde do Ecossistema diz que "essas espécies crescem e se reproduzem rapidamente, causando grandes distúrbios nas áreas nas quais estão presentes". Invasores superam as outras espécies na busca por comida e habitat. Como as espécies nativas não podem competir, elas são forçadas a deixar o ecossistema, ou desaparecer. Se uma espécie invasora expulsa muitas outras espécies, a diversidade vai diminuir, o que pode fazer o ecossistema funcionar de forma ineficiente ou ser destruído.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...