×
Loading ...

Lista de animais que emitem luz própria

A capacidade de um animal emitir sua própria luz não é apenas de criaturas marinhas, embora a grande maioria desses animais vivam no oceano. Uma grande variedade de peixes, águas-vivas e moluscos utilizam desse artifício para atrair presas e parceiros sexuais ou simplesmente como meio de comunicação. Os peixes bioluminescentes só podem ser encontrados em água salgada.

O tamboril é um dos peixes bioluminescentes mais famosos (Reinhold Thiele/Valueline/Getty Images)

Predadores marinhos vertebrados

Muito possivelmente o peixe bioluminescente mais conhecido na Terra, o tamboril usa uma pequena luz na ponta de uma antena acima de suas mandíbulas para atrair presas para uma distância fácil de serem capturadas. Peixes bioluminescentes menos conhecidos incluem o tubarão-charuto, o peixe lanterna, a enguia gulper, o peixe Porichthys e o peixe víbora. Muitas dessas criaturas usam um apetrecho semelhante ao do tamboril, que funciona da mesma maneira que as iscas brilhantes, perto ou dentro de suas bocas. A presa vai até o predador, que só tem o trabalho de fechar sua mandíbula.

Loading...

Presas marinhas vertebradas

A bioluminescência não se limita apenas às criaturas que se alimentam de outros peixes. Os peixes lanterna e machadinha, por exemplo, as usam para evitar seus predadores. Uma das criaturas mais abundantes no oceano, calcula-se que a biomassa do peixe lanterna fica entre 550 milhões e 660 milhões de toneladas, mais do que tudo que já foi pescado no mundo. As presas potenciais usam suas propriedades bioluminescentes para parecerem invisíveis aos olhos dos predadores, que, por atacar normalmente de baixo para cima, procuram formas escuras contra a superfície mais clara da água. É seguindo essa estratégia que os peixes bioluminescentes usam a luz que produzem para camuflar-se.

Criaturas marinhas invertebradas

A geleia-de-cristal é uma das várias espécies conhecidas de invertebrados bioluminescentes. Ela emite raios de luz azul a partir de uma proteína que interage com a liberação natural de cálcio que ocorre dentro do corpo da água-viva. O número de invertebrados no mar que utilizam a bioluminescência é muito maior do que o número de vertebrados. Pepinos-do-mar, canetas-do-mar, corais, krill, moluscos, mariscos, lulas e polvos, todos são conhecidos por usar a bioluminescência para despistar predadores ou atrair presas. Algumas espécies de lulas e polvos utilizam a bioluminescência, ao invés de tinta, quando assustado. Outras criaturas podem usar a bioluminescência para atrair parceiros sexuais.

Insetos

Embora a grande maioria das criaturas bioluminescentes na Terra vivam no oceano, existem insetos que emitem sua própria luz. Talvez os mais conhecidos sejam os vaga-lumes e pirilampos, embora não os únicos. Outras espécies incluem besouros, minhocas, uma grande variedade de vermes subterrâneos, centopeias e miriápodes. A grande maioria das criaturas terrestres bioluminescentes na Terra a utiliza para atrair parceiros. Algumas outras, como a lagarta trenzinho, emitem duas cores diferentes, que acredita-se confundir e intimidar predadores.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...