Roupa polonesa do século 19

••• John Foxx/Stockbyte/Getty Images

Em 1804, a revolução francesa garantiu a Napoleão Bonaporte as rédeas da França. Os projetos de Napoleão para estabelecer um império sobre a Europa acarretaram em uma guerra de uma década com os mesmo poderes que devastaram a Polônia durante o final do século 18. No século 19, a Polônia era um país com uma forte identidade nacional mas muito longe da independência. Uma aliança com a França garantiu a eles a oportunidade para acreditar que uma vitória Napoleônica garantiria a restauração do status do país. Esse feroz orgulho nacional e a recém ganha resistência à assimilação seria refletida nas roupas durante o século 19.

Romanticismo

No século 19, o romanticismo era a principal corrente artística da Europa. A consciência nacional polonesa era muito influenciada pelo movimento romântico. Isso era refletido nas roupas que as pessoas vestiam. O romanticismo era o parceiro do nacionalismo político, e favorecia as roupas históricas de culturas folclóricas, se opondo àquelas do conservadorismo político. O sistema baseado em classes para a vestimenta foi evitado para favorecer um visual que refletisse uma definição completa de nação.

Fantasias folclóricas

As roupas brilhantes e espalhafatosas vestidas pelos grupos viajantes de dança polonesa não refletem a vestimenta utilizada pelos poloneses no século 19. Essas "fantasias folclóricas" são elaboradas e são vestimentas de festivais ornamentais influenciados pela nobreza polonesa e estilos ocidentais. No século 19 a "vestimenta nacional" era símbolo da resistência da Polônia à dominação estrangeira e era baseada nas fantasias do auge do país no século 17.

O Zupan

No século 19, os homens de todas as classes sociais vestiam uma comprida roupa no estilo de um robe que se chamava Zupan, com calças lisas, camisas e botas. A vestimenta data do século 16. Ela tinha mangas longas e uma fileira de botões. O colarinho era baixo com uma abertura, com as bordas arredondadas. Isso era vestido de baixo de vestimentas como bekisza, delia, ferezja, szuba, burka e eventualmente o kontusz. A vestimenta do homem ocidental moderno viu um declínio no número de homens que vestia Zupans comparados com a parte mais tardia do século 19, mas ainda é usada em festivais camponeses regionais e por grupos de reapresentação polonesa.

Mulheres polonesas

Em contraste às longas saias floridas e blusas e coletes de cores brilhantes associados com a fantasia tradicional da mulher polonesa, a realidade era bem diferente. As mulheres polonesas durante o século 19 normalmente vestiam saias escuras, vestidos de manga longa, capas de lã e, assim como os seus representantes masculinos, botas ou sapatos pouco interessantes.

Mais recentes

×