×
Loading ...

Sangramento após ablação endometrial

Quando uma mulher experimenta sangramento excessivo durante ou entre os seus períodos menstruais, ela pode começar a passar por outros problemas de saúde, como anemia. O sangramento intenso pode interferir em sua vida, forçando-a a reduzir o trabalho e / ou atividades de lazer. Ele também pode interferir em seu relacionamento íntimo com o parceiro. Se a mulher em questão não quiser ter seus órgãos reprodutivos removidos, ela pode passar pela ablação endometrial.

Sangramento após ablação endometrial (Digital Vision./Photodisc/Getty Images)

Sangramento anormal

A ablação endometrial é realizada em uma mulher que esteja passando por sangramento intenso, podendo ter episódios muito longos de sangramento ou entre os períodos menstruais. O médico deve prescrever a medicação para parar o sangramento antes de sugerir uma ablação endometrial, a qual permite que a maioria das mulheres retorne ao seu nível normal de atividade dentro de um ou dois dias.

Loading...

Ablação endometrial definida

Se uma mulher não tem outros outros problemas de sangramento anormal, a ablação do endométrio pode ser considerada uma alternativa à histerectomia. Esse procedimento, que destrói o endométrio (revestimento uterino), é realizado usando um ressectoscópio, ou telescópio pequeno, que permite ao ginecologista ver dentro do útero e também remove pequenos pólipos e miomas durante a ablação. O ressectoscópio funciona através de um circuito pequeno de fio que usa energia elétrica para remover ou coagular o tecido endometrial.

Quem pode se beneficiar?

As mulheres que estão enfrentando sangramento intenso, sem outros problemas ginecológicos, podem se beneficiar do procedimento. A paciente "ideal" não deve ter distúrbios do útero ou do endométrio, incluindo endométrio muito fino; não ter contraído câncer uterino ou hiperplasia do endométrio (crescimento excessivo de células endometriais), não ter passado por infecção uterina ou gravidez recente e não estar na pós-menopausa. Todos os órgãos reprodutivos serão mantidos, apenas o revestimento endometrial será removido e / ou cauterizado.

Sangramento pós-procedimento

Depois de uma ablação endometrial, os sangramentos podem ser reduzidos para um nível normal ou parar completamente. Dr. Paul D. Indman, M.D.,relata que 58% das pacientes submetidas à ablação endometrial não têm qualquer sangramento dentro de um ano, o saldo é nenhum sangramento ou períodos menstruais muito leves após o procedimento. Se uma mulher tem uma condição chamada adenomiose, que é o crescimento do endométrio para dentro da parede uterina, ela pode experimentar regeneração endometrial, juntamente com retomada de hemorragia. Se este for o caso, a ablação do endométrio não é recomendada.

Razões para reduzir o sangramento

A ablação endometrial é feita principalmente para parar o sangramento anormalmente pesado. A mulher precisa discutir os seus desejos em relação aos sangramentos pós-procedimento com seu ginecologista; ela quer fluxos menstruais mais leves ou parar o sangramento totalmente? Para algumas mulheres, a ablação endometrial é uma forma segura, possivelmente permanente, de acabar com o sangramento, tendo o mesmo efeito de outras cirurgias eletivas.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...