O simbolismo da pluméria

••• fototi/iStock/Getty Images

A flor da pluméria, uma planta também conhecida como frangipani, é nativa de ambientes tropicais e exala uma fragrância inebriante. De acordo com o site Guide to Houseplants, a planta é oriunda da América Central. Bastante cultivada no Havaí, suas flores vistosas são usadas para criar colares chamados de "leis". Elas são o emblema de Laos.

Simbolismo

gemma_salaman/iStock/Getty Images

As plumérias simbolizam abrigo e proteção, segundo o site Perfect Wedding Day. Essas flores são excelentes para fazer buquês de noiva.

Representação

Sura Nualpradid/iStock/Getty Images

As plumérias representam a perfeição, florescendo com cinco pétalas em forma de cata-vento e em tons de branco, vermelho-escuro, rosa, amarelo e diversas combinações de cores. Elas evocam sentimentos subliminares de paz e tranquilidade, segundo o site "Sacred Garden Frangipanis".

Origem do nome

bdspn/iStock/Getty Images

"Frangipani" é derivado do sobrenome do Marquês Muzio Frangipane, um aristocrata italiano do século 16 ao qual é atribuída a invenção do perfume que compartilha o mesmo nome. A nomenclatura binomial da planta, Plumeria rubra, origina-se do explorador e botânico francês Charles Plumier, que estudou a flor e popularizou-a em toda a Europa antes de seu falecimento em 1706.

Classificação

joloei/iStock/Getty Images

As plumérias são membros da família Apocynaceae e abrange mais de 300 espécies, incluindo a Plumeria rubra, a Plumeria alba e a Plumeria obtusa.

Simbolismo asiático

Peyanut/iStock/Getty Images

Segundo o folclore do sudeste asiático, as plumérias fornecem abrigo aos demônios e fantasmas. Um mito da Malásia sugere que o aroma da flor simboliza a presença de vampiros. Em Bangladesh, as plumérias brancas representam funerais e morte eminente.

Mais recentes

×